PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Marlon Moraes esbanja confiança para duelo contra Jimmie Rivera

Marlon Moraes disse que nunca se sentiu tão bem para um combate de MMA  - Reprodução/Canal Combate
Marlon Moraes disse que nunca se sentiu tão bem para um combate de MMA Imagem: Reprodução/Canal Combate

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

22/05/2018 06h00

Após conquistar em dezembro passado a primeira vitória por nocaute desde que chegou ao Ultimate, Marlon Moraes foi escalado para enfrentar Jimmie Rivera no UFC Fight Night 131, evento marcado para o próximo dia 1º de junho em Nova York (EUA). E, pelo visto, a bela atuação diante de Aljamain Sterling deixou a confiança do brasileiro lá no alto.

Durante uma conversa com a reportagem da Ag. Fight, Marlon revelou que nunca se sentiu tão bem para um combate de MMA e garantiu que os fãs que assistirem ao duelo não se arrependerão. O brasileiro ainda foi além e prometeu que essa será a melhor apresentação de sua carreira.

"Se as pessoas gostaram daquela luta então elas podem sentar no sofá e assistir a minha luta do dia 1º de junho porque, da maneira que eu treinei e da forma como estou me sentindo, essa luta contra o Jimmie Rivera vai mostrar o que eu sei fazer e do que eu sou capaz. Estou muito preparado e muito confiante. Tenho certeza que vocês vão ver um Marlon que vocês nunca viram e que essa será a melhor luta da minha carreira", declarou, antes de apontar que se sente ainda mais motivado por fazer seu primeiro main event no Ultimate.

"Acho que muda com relação a motivação. Foi uma oportunidade que me fez treinar ainda mais, me dedicar mais ainda. Vai ser a luta principal da noite e eu preciso chegar lá e mostrar meu trabalho. Os fãs podem ter certeza que será uma grande luta", afirmou.

Prestes a encarar um atleta que não perde uma luta desde maio de 2016 e venceu suas últimas 20 apresentações, Marlon sabe que não terá moleza contra Rivera. Contudo, o brasileiro garantiu que encontrou brechas no jogo do americano para poder encaixar a sua estratégia.

"Ele é um lutador completo, um cara duro. Tem um bom boxe, um bom wrestling, chuta bem. Já mostrou de tudo no octógono. Trabalhamos muito para capitalizar em cima de alguns pontos do jogo dele. Tenho certeza que tenho um jogo muito bom para vencer", apontou.

Ex-campeão peso-galo (61 kg) do WSOF, Marlon chegou a vencer 13 lutas consecutivas até perder para Rafael Assunção na sua estreia no UFC em junho de 2017. Aos 30 anos de idade, o brasileiro coleciona na carreira um cartel com 20 vitórias, cinco derrotas e um empate.

MMA