PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Desolado, Ngannou afasta condenar 'Cigano' por doping: "Tudo é possível"

Francis Ngannou ainda não perdeu desde que chegou no Ultimate - Matthew Stockman/AFP
Francis Ngannou ainda não perdeu desde que chegou no Ultimate Imagem: Matthew Stockman/AFP

Ag. Fight

25/08/2017 07h00

Com a confirmação de que Júnior 'Cigano' foi notificado pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) por testar positivo para o uso de substância proibida em consequentemente retirado do card do UFC 215, Francis Ngannou ficou sem adversário para o evento que será realizado no próximo dia 9 de setembro, no Canadá. Mas apesar da insatisfação natural com a notícia, a promessa camaronesa da divisão dos pesados deu um show de cordialidade e garantiu que não julga o brasileiro pelo ocorrido.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', o gigante não escondeu o fato de estar extremamente chateado com o fato de que Cigano foi pego no antidoping, já que restam exatos 15 dias para o evento e a cada momento que passa as chances de se encontrar um adversário apto a substituir o brasileiro diminuem. No entanto, independentemente do drama pelo qual está passando, o peso-pesado levantou a hipótese do ex-campeão dos pesados não ter se dopado propositalmente.

"Acho que tudo é possível. Não posso julgá-lo porque sei que problemas podem acontecer. Alguns produtores usam produtos ilegais para fazer ser mais eficiente. Mas, para nós lutadores, isso não é legal. Por isso nunca uso. Todos os dias da minha vida eram sobre a luta, sobre estar focado na luta. Me sinto como se estivesse perdido, não sei o que fazer e nem o que falar no momento. Não foram boas notícias", relatou em tom de desolação.

O cenário não é nem um pouco favorável para o camaronês, mas ele ainda acredita na possibilidade de enfrentar alguém ranqueado no UFC 215. Por isso, ao analisar a categoria dos pesados, Ngannou ressaltou o interesse em enfrentar Alistair Overeem, atleta que, segundo ele, é o único sem adversário no momento.

"No top 10, Alistair Overeem é quem está livre, sem luta no momento. Da última vez que falei com o Mick , ele me falou que ainda estavam procurando por alguém para mim. Não sei se eles conseguirão alguém, porque chequei a divisão e vi que todos os lutadores do top 10 têm luta marcada", finalizou.

MMA