PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Dana White impede confusão durante encarada promocional em Las Vegas; veja

Tony Ferguson lutará contra Kevin Lee - Alex Trautwig/Getty Images
Tony Ferguson lutará contra Kevin Lee Imagem: Alex Trautwig/Getty Images

Ag. Fight

25/08/2017 09h00

Em meio aos preparativos da superluta de boxe entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, os promotores do UFC aproveitaram a presença massiva dos veículos internacionais de comunicação em Las Vegas (EUA) para iniciarem a divulgação de seus próximos cards. E, para isso, nada mais natural do que promover algumas intensas encaradas entre os lutadores.

Acontece que, quando se trata de Tony Ferguson e Kevin Lee, astros do UFC 216, no dia 7 de outubro, todo cuidado é pouco. Tanto que antes mesmo da hora de se aproximarem, Dana White, presidente do evento de MMA, se colocou no meio para impedir qualquer contato entre eles. E a partir daí, as provocações começaram.

Entre rápidas ofensas e promessas de atropelos, Kevin levantou a voz e viu o rival se irritar: “Você foi nocauteado por um faixa-preta ”. Foi o que bastou para um esquentadinho Lee revidar, xingar até a mãe do adversário, que não ouviu barato. “Foi te tornar humilde chutando seu traseiro”, prometeu Ferguson.

Quando chegou a vez de Amanda Nunes, campeã dos pesos-galos (61 kg), o clima, embora pacífico, era pesado e de intensa rivalidade. Relembrando uma encarada de meses atrás, Valetina Shevchenko esticou o braço para delimitar seu espaço. Dessa vez, a brasileira não se incomodou com a postura da rival e a olhou nos olho sem se mexer.

O reencontro das atletas será a revanche do duelo realizado no UFC 196, em março de 2016. Na ocasião, Amanda venceu por pontos, embora tenha terminado a disputa visivelmente mais cansada. No entanto, em julho passado, quando elas deveriam se apresentar no UFC 213, a brasileira passou mal e adiou o confronto, que agora está marcado para o dia 9 de setembro, no Canadá.

Veja as encaradas abaixo ou neste link:

MMA