PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dana White prevê que May x Mac venderá mais de 4,9 milhões de PPV

Ag. Fight

17/08/2017 17h05

Dana White é o presidente do UFC e mediou es negociações da superluta – Diego Ribas

Com a aprovação do pedido feito junto à NAC (Comissão Atlética de Nevada) para co-promover a superluta entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, o UFC agora é um dos porta-vozes oficiais do evento. A decisão do órgão regulador foi tomada na última quarta-feira (16), o que faz com que qualquer discurso feito por Dana White, presidente do torneio de MMA, a partir daquele momento possa ser analisado com a relevância de um pronunciamento oficial. E em sua primeira entrevista após ser alçado ao posto de organizador do combate, o cartola sugeriu que os números de vendas de pacotes de transmissão para a TV fechada atingirão marcas nunca antes vistas.

O recorde vigente quanto ao número de vendas de pay-per-views também pertence a Floyd Mayweather, e foi alcançado em seu duelo contra Manny Pacquiao em 2015 - quando atingiram cerca de 4,4 milhões de vendas de pacotes para a TV fechada. Este valor astronômico foi um marco na história dos esportes de combate, contudo, ao menos de acordo com a análise feita por Dana White, o número será superado com folgas até o próximo dia 26 de agosto - data em que a superluta acontecerá.

“Tudo está indicando que iremos superar esses números . Os números estão muito promissores. Vamos fazer os números que todos estão falando, vamos fazer”, revelou Dana White em entrevista ao site ‘MMA Junkie’ durante uma coletiva de imprensa realizada via telefone na última quarta-feira.

Após sugerir que as vendas para o duelo atingirão números recordes, Dana White fez questão de explicar a razão para isso. E, segundo o ponto de vista do manda-chuva, essa marca será alcançada graças a aprovação do pedido feito pelo UFC para co-promover a disputa. Isso porque a organização de MMA se tornou referência quando o assunto envolve a transmissão de eventos de combate.

“Há muitas coisas que o boxe não faz. Por exemplo, na maioria das vezes, você está lidando com uma emissora. As emissoras não estão muito animadas em cruzar os limites. Não é uma grande coisa para eles. Nós temos as capacidades, fazemos isso o tempo todo e acredito que somos um dos melhores nisso”, completou.

Esporte