PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Empresário aponta motivo de saúde para corte de lutador do UFC Londres

Reprodução/UFC
Imagem: Reprodução/UFC

21/03/2017 16h26

 

O UFC Londres, evento realizado no último sábado (18) na capital da Inglaterra, contou com o cancelamento de duas lutas pouco antes do começo do show. Uma delas envolvia Tom Breeze, que se retirou do duelo contra o americano Oluwale Bamgbose horas antes do torneio, despertando assim a preocupação dos fãs sobre seu estado de saúde. E em meio ao clima de incerteza sobre a situação do inglês, seu empresário revelou a razão que tirou o atleta do combate.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Graham Boylan indicou que a frequência cardíaca de Breeze atingiu níveis tão elevados que colocaram em xeque a possibilidade do atleta subir ao octógono contra Bamgbose. O combate em questão marcaria a estreia do inglês na divisão dos pesos-médios (84 kg), que agora precisará ser remarcada.

“A frequência cardíaca do Tom estava muito alta e os momentos que antecederam o evento elevaram  a níveis que o fizeram se questionar sobre ele estar preparado para competir nessa noite.   Eu me sentarei com ele essa semana e veremos o que vamos fazer daqui para frente”, relatou o empresário.

Atleta do Ultimate desde maio de 2015, Breeze acumula três vitórias e apenas uma derrota na organização, sofrida justamente em seu último combate, quando enfrentou Sean Strickland no UFC 199. O outro combate cancelado do UFC Londres foi entre Ian Entwistle e Brett Johns, em virtude de um problema no processo de perda de peso por parte do primeiro atleta citado.

Esporte