PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após vitória, Hendricks revela desejo em fazer revanche contra St-Pierre

20/02/2017 11h21

Johny Henricks derrotou Hector Lombard no UFC Halifax - Florian Sädler

Johny Henricks derrotou Hector Lombard no UFC Halifax – Florian Sädler

Pelo visto, mudar de categoria fez bem para Johny Hendricks. Após sofrer três derrotas seguidas e não bater o peso em dois desses reveses, o atleta subiu para os médios (84 kg) e venceu Hector Lombard em sua estreia na nova divisão, no UFC Fight Night 105, evento realizado no último domingo (19) em Halifax (Canadá). Confiante com a boa atuação, ‘Bigg Rigg’ já sabe exatamente quem ele quer enfrentar em sua próxima luta.

Em dezembro de 2013, Hendricks foi derrotado por Georges St-Pierre em uma controversa decisão dividida, na última luta do canadense pelo maior torneio de MMA do mundo. Agora, com o anúncio do retorno de GSP ao Ultimate, Bigg Rigg quer a sua revanche – ainda mais depois que o ex-campeão ventilou uma possibilidade de atuar nos pesos-médios.

“Eu amo o Canadá. Mas o Georges voltando eu vou ter que me desculpar com os canadenses, porque eu vou ter que arrebentar ele, principalmente se ele vier para os pesos-médios. Essa é uma luta que eu gostaria muito de fazer. Ele supostamente disse que gostaria de subir de categoria para enfrentar o Bisping. Mas quem preferiria assistir ele e Bisping do que eu e Bisping? Acho que o mundo inteiro preferiria isso”, declarou em entrevista coletiva após o evento.

Ex-campeão dos meio-médios (77 kg), Hendricks está no UFC desde 2009. Aos 33 anos de idade, o americano coleciona na carreira um cartel com 18 vitórias e seis derrotas.

Esporte