PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Gina Carano demonstra apoio e pede a Ronda para "fazer o que quiser"

Ronda Rousey foi nocauteada por Amanda Nunes no UFC 207 - Rigel Salazar/Ag. Fight
Ronda Rousey foi nocauteada por Amanda Nunes no UFC 207 Imagem: Rigel Salazar/Ag. Fight

24/01/2017 11h49

Após ser duramente criticada por sua derrota em apenas 48 segundos para Amanda Nunes em dezembro passado, Ronda Rousey vem recebendo mensagens de apoio também. Depois de Jon Jones, Floyd Mayweather Jr. e até a algoz ‘Leoa’ mandarem conselhos para a americana, foi a vez da agora atriz e ex-atleta do Strikeforce Gina Carano apresentar o seu suporte para a atleta.

Durante uma entrevista ao site ‘FightHub TV’, Carano ponderou que Ronda é muito jovem e ainda tem uma longa carreira pela frente: seja como lutadora ou como atriz. E por isso, a ex-Strikeforce pediu apoio e não críticas à ex-campeã dos pesos-galos (61 kg) do UFC.

“Eu acho que a Ronda tem que fazer o que ela quiser. Ela tem apenas 29 anos, é uma atleta maravilhosa, mas precisa se expressar como artista também. Então, deixemos que ela faça o que quiser. Vamos segui-la nessa jornada para apoiá-la”, declarou.

Ronda Rousey permaneceu mais de um ano afastada do octógono e foi nocauteado no seu retorno contra Amanda Nunes. Aos 29 anos de idade, ‘Rowdy’ coleciona na carreira um cartel com 12 vitórias e duas derrotas. Gina, por sua vez, lutou MMA pela última vez em 2009, quando foi nocauteada por Cris ‘Cyborg’ na disputa pelo cinturão dos penas (66 kg) do Strikeforce. Assim como Gina, Ronda também vem fazendo algumas aparições em filmes nos últimos anos.

Esporte