PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Anthony Johnson revela que recusou lutar por título interino no UFC Canadá

29/11/2016 17h10

Talvez o nocauteador mais temido do momento pela soma de potência, velocidade e explosão, o americano Anthony Johnson é um caso curioso. Afinal, depois de sofrer como meio-médio (77 kg) e peso méio (84 kg), ele hoje brilha como meio-pesado (93 kg) - Diego Ribas

Anthony Johnson recusou lutar pelo título interino dos meios-pesados – Diego Ribas

Anthony Johnson estava escalado para enfrentar Daniel Cormier no próximo dia 10 de dezembro, no combate principal do UFC Canadá. No entanto, a lesão na perna do campeão dos meio-pesados (93 kg) cancelou a disputa e abriu a oportunidade para que um título interino entrasse em jogo. Possibilidade esta que foi rapidamente vetada por ‘Rumble’.

Sem tempo hábil para alterar sua preparação para qualquer que fosse o adversário, visto que Cormier tem um plano de luta específico e, inclusive, já o venceu, Johnson recusou as propostas do UFC em lhe oferecer um substituto para o confronto e optou por esperar o retorno do rival.

“Não aceitaria, sem chance. Isso não me interessaria. Quando me propuseram o Gegard , poderia ser uma grande luta, mas eu não teria nada a ganhar. Lutar com ele e virar  o campeão interino, depois de todas as besteiras que eu e o ‘DC’ falamos… Não significaria nada”, narrou em conversa com o programa ‘MMA Hour’ na última segunda-feira (28).

Além da opção de enfrentar Mousasi, o UFC ofereceu outros três nomes para que ‘AJ’ permanecesse no card. Ele, no entanto, deixou claro que prefere esperar a recuperação do adversário, prevista possivelmente para fevereiro ou março. Curiosamente, os lutadores declararam que trocaram mensagens respeitosas após o cancelamento do confronto.

Esporte