PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Impedida de lutar boxe, campeã agenda estreia no MMA para pagar as contas

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

18/11/2016 07h00

Campeã mundial de boxe em duas categorias de peso, a americana Heather Hardy anunciou em coletiva de imprensa, na última quarta-feira (16), que assinou contrato com uma das maiores organizações de MMA do mundo, o Invicta FC, que promove apenas lutas entre atletas do sexo feminino.

A lutadora afirmou ao site ‘The Ring’ que sua estreia dentro da organização será no próximo dia 14 de janeiro, embora ainda não exista uma oponente definida para o duelo. Mesmo assim, a data segue confirmada e aparece como uma solução para a vida pessoal da campeã.

Mãe solteira, a lutadora admitiu ter migrado para as artes marciais mistas devido a problemas com as finanças. “Eu preciso fazer dinheiro. Não faço ideia de como vou conseguir passar o resto do ano sem receber desde outubro, eu preciso fazer isso”, contou.

Natural do Brooklyn, bairro de Nova York, boa parte do seu recente problema monetário pode ser relacionado à decisão da Comissão Atlética do seu estado em instalar um seguro contra a lesão de traumatismo craniano nas lutas de boxe. A resolução, por encarecer a promoção de eventos na região, causou o cancelamento dos combates que a atleta faria por lá até o final do ano.

Com 34 anos, a lutadora possui um cartel de 18 vitórias e nenhuma derrota no boxe. Já no MMA, ela lutará na categoria peso-palha (52 kg). 

Quer receber notícias do MMA de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Esporte