PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Senador, Manny Pacquiao garante que Filipinas não cortará relação com os EUA

27/10/2016 15h00

Pacquiao é considerado um dos maiores boxeadores de todos os tempos - Diego Ribas

Pacquiao é considerado um dos maiores boxeadores de todos os tempos – Diego Ribas

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, voltou a demonstrar o seu repúdio aos EUA. Após xingar Barack Obama em setembro passado, o político expressou na última quarta-feira (26) seu desejo de pôr fim à presença militar americana no país. No entanto, Manny Pacquiao, campeão mundial pela Organização Mundial de Boxe e senador, garantiu que a nação não cortará relações com a maior potência do mundo.

Em entrevista ao site ‘TMZ’, Paquiao pediu calma ao presidente do seu país e sugeriu que ele estude melhor o caso. De acordo com o boxeador, o povo não quer que as Filipinas interrompam a boa relação com os EUA. E, portanto, isso não pode acontecer.

“Eu acho que ele tem que se acalmar e analisar toda a situação. Nós não vamos cortar as relações entre as Filipinas e os EUA. A maioria da população quer que a relação com os EUA continue”, declarou.

Aos 37 anos de idade, Manny Pacquiao é considerado um dos maiores boxeadores de todos os tempos, tendo conquistado oito títulos mundiais em diferentes categorias de peso. O filipino coleciona na carreira um cartel com 58 vitórias, seis derrotas e dois empates. Sua próxima luta é diante de Jessie Vargas, na próxima semana, em Las Vegas (EUA).

Esporte