PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sem contrato no UFC, Thiago Tavares segue sendo testado e espera definição de futuro

20/10/2016 17h57

Thiago Tavares venceu Clay Guida e, agora embalado como um peso-galo (61 kg) encara o coreano Doo Ho Choi em busca de novas chances na divisão - Erik Engelhart

Thiago Tavares perdeu sua última luta para o coreano Doo Ho Choi – Erik Engelhart

O futuro de Thiago Tavares no UFC não parece dos mais animadores. Depois de ser nocauteado em julho pelo rival coreano Doo Ho Choi, o faixa-preta de jiu-jitsu terminou sua última luta contratual e não recebeu nenhuma manifestação de interesse por parte do evento para uma possível renegociação, o que colocou o atleta em uma sinuca de bico.

De acordo com apuração da reportagem da Ag. Fight com fontes próximas ao evento, o UFC não tem o interesse em contar mais com os serviços do atleta de 31 anos. No entanto, ainda sem a oficialização do corte, Thiago segue sob a fiscalização da USADA (agência americana de controle antidoping) e no aguardo para uma possível mudança de planos do show.

Apesar disso, sem o status de ‘free agency’, o catarinense, além de não ter contrato, não negocia com nenhuma outra organização de MMA. Cenário este que só deve ser definido até o final do ano, quando o evento deve fazer um “facão” e cortar alguns nomes de lutadores de sua lista para dar espaço para novas promessas.

Caso faça parte desta lista, o peso-pena (66 kg), que compete na organização desde 2007, dará adeus ao octógono mais famoso do mundo com dez vitórias, sete derrotas e um empate, o que lhe garante o posto de um dos lutadores brasileiros mais ativos na organização em todos os tempos.

Esporte