PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lutadores donos da casa viram o placar em evento histórico do UFC na Austrália

14/11/2015 22h47

Jake Matthews deu show de raça no octógono - Reprodução

Jake Matthews deu show de raça no octógono – Reprodução

O card preliminar da 193ª edição do UFC, realizada neste sábado (14) na cidade australiana de Melbourne, contou com ares de um show histórico desde o início. Com capacidade para poucos mais de 70 mil torcedores, o Etihad Stadium foi escolhido a dedo para nova tentativa do evento de quebrar o recorde total de público da organização, alcançado em 2011 com a ajuda de Georges St-Pierre, em edição no Canadá que contou com 55 mil fãs. E, para tal empreitada, o que não faltou na primeira metade da noitada de lutas foram atletas locais.

Ao todo, foram sete os competidores locais que encararam atletas visitantes e, em placar apertado, os donos da casa viraram para cima dos visitantes e fizeram a alegria da torcida local (que de acordo com Dana White já ocupavam 25 mil assentos antes mesmo do primeiro combate) com o placar de 4 x 3.

Como vencedores, os atletas Jake Matthews, Kyle Noke, Daniel Kelly e Richard Walsh venceram seus duelos e anotaram triunfos para os australianos, enquanto que Anthony Perosh, Richie Vaculik e Anton Zafir deixaram os fãs na mão e deixaram o octógono sem terem seus braços levantados.

Virada dramática

Depois de um início dramático, os lutadores donos da casa, que sempre estiverem atrás no placar contra o ‘resto do mundo’, empataram e viraram o placar justamente nas duas últimas disputas do card preliminar, quando empataram e passaram à frente com os triunfos de Jake Matthews e Kyle Noke.

Mesmo azarão, Noke não deu chances ao meio-médio (77 kg) Peter Sobotta e nocauteou o alemão com estilo ainda no primeiro assalto. Depois de conectar um chute frontal que fez o visitante cair no chão aos gritos, o atleta australiano fechou a conta com uma série de golpes no ground and pound para ninguém botar defeito. Vitória, festa da torcida e fim da invencibilidade de Sobotta no UFC.

Amplo favorito para o confronto, coube a Jake Matthews selar a vitória australiana diante do mexicano Akbarh Arreola, que em sua passagem entre os pesos-leves (70 kg) do UFC já havia sido superado pelos brasileiro Tiago ‘Trator’ e Francisco ‘Massaranduba’.

Diante do australiano, terceiro atleta mais jovem sob contrato com a maior organização de MMA do mundo, o veterano de 32 anos deu trabalho e castigou no primeiro assalto. Melhor em pé, o mexicano puniu em pé e balandçou o rival duas vezes, com um cruzado e um chute alto. No chão, chegou a pegou as costas de onde puniu e tentou um mata-leão.

Sem sucesso, o visitante cansou, e na segunda etapa se tornou uma vítima do ímpeto do australiano que, empurrado pela torcida, quedou no início e passou os cinco minutos batendo no ground and pound. Ao final do assalto, Arreola foi impedido de retornar para a disputa, decretando, com estilo, o final do card preliminar do UFC 193.

Início rápido

As duas primeiras disputas do card preliminar do UFC 193 contaram com finais mais rápidos do que o esperado. A começar pela americano Ben Nguyen, que não deu chances ao compatriota Ryan Benoit e o finalizou ainda no primeiro assalto com uma justa guilhotina aos 2m35s da etapa inicial.

No confronto seguinte, James Moontasri estragou a festa da torcida ao nocautear ao dono da casa Anton Zafir. Depois de conter os ataques nas pernas do rival, o americano minou o adversário com chutes e golpes e encontro até que, quando faltavam apenas 30 segundos para o término do primeiro assalto, um chute rodado seguido de um soco rodado fizeram de Zafir uma presa indefesa. Restou ao árbitro Steve Perceval interromper a luta aos 4m36s.

Confira os resultados completos: 

Jake Matthews nocauteou Akbarh Arreola no 2°;
Kyle Noke nocauteou Peter Sobotta no 1° round;
Gian Villante nocauteou Anthony Perosh no 1° round;
Danny Martinez venceu Richie Vaculik por decisão unânime;
Daniel Kelly venceu Steve Montgomery por decisão unânime;
Richard Walsh venceu Steve Kennedy por decisão unânime;
James Moontasri nocauteou Anton Zafir no 1° round;
Ben Nguyen finalizou Ryan Benoit no 1° round.

Esporte