PUBLICIDADE
Topo

Esporte

PSG confirma Christophe Galtier como novo treinador

05/07/2022 18h51

Paris, 5 Jul 2022 (AFP) - O Paris Saint-Germain tem um novo treinador. Depois de uma longa novela para negociar a saída do argentino Mauricio Pochettino, o clube francês anunciou nesta terça-feira Christophe Galtier, que se disse "capaz" de encarar o desafio, com um objetivo evidente, absoluto e prioritário: ganhar a Liga dos Campeões da Europa.

Após se acertar com Pochettino, que tinha contrato até 2023, o PSG se despediu do treinador de forma discreta em seu site, pouco tempo antes da entrevista coletiva que formalizou a contratação de Galtier.

O técnico francês, de 55 anos, foi apresentado no Parque dos Príncipes e deve comandar o primeiro treino com a equipe já nesta terça. "Estou emocionado e orgulhoso", declarou Galtier, que assinou um contrato de duas temporadas, segundo uma fonte próxima à negociação.

"Sei com precisão a responsabilidade que me foi dada, que o PSG viva uma grande temporada. Eu me preparei para isso. Se aceitei esta responsabilidade, é porque sou capaz", acrescentou o técnico.

- "Quero que Neymar fique" -Galtier falou sobre as especulações quanto a uma possível saída de Neymar, afirmando que deseja a permanência do atacante no clube.

"Evidentemente, quero que Neymar fique, já que quando você tem jogadores de classe mundial, é melhor tê-los a favor do que contra", disse o novo técnico, enquanto circulam rumores a respeito do futuro do brasileiro.

O treinador francês também avisou que nenhum jogador estará acima do grupo.

"Estou decidido a fazer com que esta equipe seja muito sólida, exigente, determinada, para fazer a melhor temporada possível. Se, infelizmente, houver algum jogador que saia dessas diretrizes, será afastado a partir do momento em que sair", disse.

Galtier, que deixou o Nice no final de junho, é o sétimo treinador da era do fundo de investimento Qatar Sports Investment (QSI) no clube.

- Inexperiente -O novo consultor de futebol do PSG, Luis Campos, conhece bem Galtier, com quem trabalhou no Lille na campanha do título do Campeonato Francês em 2021.

O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, decidiu contratar um dos técnicos mais regulares da última década na França, embora menos experiente no cenário europeu, tendo dirigido somente Saint-Étienne, Lille e Nice.

Galtier chega procedente do Nice, que na última temporada terminou Campeonato Francês em quinto e foi vice-campeão da Copa da França.

As negociações foram duras: primeiro foi necessário chegar a um acordo financeiro com o Nice e depois negociar a saída de Pochettino e sua comissão técnica.

"Quero desejar a todos no PSG o melhor para o futuro, aos proprietários, à diretoria, aos jogadores, todo o corpo técnico e aos torcedores", escreveu o treinador argentino em sua conta no Instagram.

Pochettino, que deixa o clube depois de um ano e meio, também agradeceu ao presidente Khelaifi.

"A Nasser, quero dizer obrigado por ter me dado a oportunidade de fazer parte de novo da família PSG", escreveu o argentino, que foi zagueiro da equipe entre 2001 e 2003.

Coincidindo com a apresentação de Galtier, as estrelas do time, como Lionel Messi, Neymar, Marquinhos e Keylor Navas, retornaram nesta terça ao centro de treinamento, assim como Gianluigi Donnarumma, Leandro Paredes e o novo reforço Vitinha.

Outros jogadores já tinham chegado na segunda-feira, como Georginio Wijnaldum, Sergio Ramos, Marco Verratti, Juan Bernat e Mauro Icardi.

A preparação da equipe para a temporada 2022/2023 passa por um amistoso no dia 15 de julho com o Quevilly-Rouen, da segunda divisão francesa, e depois por uma excursão pelo Japão a partir de 16 de junho.

O primeiro jogo oficial será no dia 31 de julho contra o Nantes, em Tel-Aviv, pela Supercopa da França.

ama/jed/psr/cb

Esporte