PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Golden State Warriors elimina Dallas Mavericks e é o primeiro finalista na NBA

27/05/2022 01h03

San Francisco, 27 Mai 2022 (AFP) - Com um brilhante desempenho do veterano Klay Thompson, o Golden State Warriors eliminou o Dallas Mavericks vencendo por 120 a 110 (4-1 nos confrontos) nesta quinta-feira e garantiu assim seu retorno às finais da NBA pela primeira vez desde 2019.

Os Warriors farão sua sexta final da NBA nas últimas oito temporadas, uma marca não vista desde o Chicago Bulls de Michael Jordan (1991-98), liderado pelo mesmo trio de figuras composto por Thompson, Stephen Curry e Draymond Green.

Com a vitória nesta quinta-feira sobre os Mavericks de Luka Doncic (28 pontos), os Warriors se sagraram campeões da Conferência Oeste e agora vão brigar pelo anel contra o vencedor do duelo da Conferência Leste entre Miami Heat e Boston Celtics, que atualmente estão vencendo por 3-2.

O primeiro jogo das finais será disputado no Chase Center em San Francisco (Califórnia), onde 18.000 torcedores do Golden State comemoraram sua vitória sobre os Mavericks em grande estilo nesta quinta-feira.

Depois de duas temporadas de pesadelo, em que chegaram a terminar em último lugar em 2020, os Warriors agora sonham em retomar uma dinastia que muitos consideravam encerrada com a derrota nas finais de 2019 diante do Toronto Raptors e a saída de Kevin Durant para o Brooklyn Nets .

"Este é um grupo que ninguém pensou que voltaria aqui", disse Draymond Green após o jogo. "Mas esta equipe continuou lutando todos os dias e aqui estamos. Estamos de volta."

Stephen Curry, o líder da equipe, registrou nesta quinta 15 pontos e 9 assistências, mas acabou sendo reconhecido com o primeiro prêmio Magic Johnson de MVP (Most Valuable Player) da final da Conferência Oeste.

Mesmo assim, ao destaque do jogo foi Klay Thompson, o jogador que simboliza o retorno à elite dos Warriors.

Depois de perder as duas últimas temporadas devido a lesões devastadoras, Thompson teve sua noite de glória com 32 pontos e 8 arremessos de 3 pontos que abalaram os Mavericks.

"Estou muito feliz por estar de volta, muito grato a esta equipe", disse Thompson na quadra. "Não quero me empolgar, ainda faltam quatro (vitórias), mas não consigo acreditar."

gbv/cl/aam

Esporte