PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Verstappen ultrapassa Hamilton na última volta e conquista seu primeiro título da F1

12/12/2021 15h09

Abu Dhabi, 12 dez 2021 (AFP) - O holandês Max Verstappen, de 24 anos, se sagrou campeão mundial de Fórmula 1 pela primeira vez na carreira neste domingo, após vencer o Grande Prêmio de Abu Dhabi, o último da temporada de 2021, de forma dramática, na última volta, em que ultrapassou seu rival Lewis Hamilton.

O piloto da Red Bull venceu sua 10ª corrida nesta temporada e terminou o Mundial à frente do heptacampeão mundial Hamilton. O título dos construtores ficou com a Mercedes e o terceiro lugar no pódio neste domingo no circuito de Yas Marino foi ocupado pelo espanhol da Ferrari, Carlos Sainz.

Verstappen comemorou como nunca após a conquista do título. "É uma loucura, finalmente tive sorte, quero reviver isso com esta equipe pelos próximos dez ou quinze anos", disparou ele, eufórico.

Apesar de abatido, Hamilton parabenizou o novo campeão: "Em primeiro lugar, parabéns a Max e sua equipe. Ele fez um trabalho fantástico este ano", destacou Hamilton, que se disse "orgulhoso" de sua equipe.

A corrida e o Mundial foram decididos em um cenário digno de cinema, com os dois rivais empatados por pontos (369,5) antes da prova.

Nessas condições, a equação era simples: o piloto que obtivesse uma melhor colocação conquistaria o título.

Todos acreditaram quase até o fim que o campeão seria Hamilton, autor de uma melhor largada e líder na maior parte da corrida.

Verstappen foi rápido em tentar recuperar a liderança da corrida, embora o tenha feito com uma manobra ousada na Curva 6.

Os carros dos dois pilotos chegaram a se tocar, forçando Hamilton a cortar pela chicane para voltar à pista, para a fúria do holandês.

- Acidente de Latifi muda tudo -Apesar das reclamações da Red Bull, que considerou que o britânico se beneficiou de uma vantagem inabalável, os comissários não consideraram necessário abrir uma investigação.

Verstappen não conseguiu perturbar Hamilton. Nem mesmo quando seu companheiro mexicano Sergio Perez, na liderança após o pit stop do britânico, tentou frear os avanços do heptacampeão.

Mas um 'safety car' a cinco voltas do final após um acidente do canadense Nicholas Latifi (Williams) mudou o destino: Verstappen havia trocado os pneus, mas Hamilton não.

Depois de retomar a corrida, o holandês ultrapassou o rival na última volta.

A AlphaTauri do japonês Yuki Tsunoda e o francês Pierre Gasly completaram o Top 5.

Também pontuaram o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), o britânico Lando Norris (McLaren), o espanhol Fernando Alonso (Alpino), o francês Esteban Ocon (Alpino) e o monegasco Charles Leclerc (Ferrari).

O finlandês Kimi Räikkönen (Alfa Romeo) disse adeus à F1 saindo no meio da corrida devido a um problema mecânico. Aos 42 anos, ele se aposentou das pistas após 19 temporadas na elite e um título mundial com a Ferrari em 2007.

Filho de um ex-piloto de F1, o holandês Jos Verstappen, e de uma ex-piloto de karting, a belga Sophie Kumpen, Verstappen é um predestinado.

Ele se tornou o mais jovem piloto a largar em um Grande Prêmio, em 2015, aos 17 anos, 5 meses e 15 dias, vestindo as cores da Toro Rosso.

Pouco depois, Max Verstappen foi o mais jovem vencedor, no Grande Prêmio da Espanha em 2016, aos 18 anos, 7 meses e 15 dias, em sua primeira temporada com a Red Bull.

- Quarto mais jovem campeão -Ao ser coroado neste domingo, o holandês, nascido na Bélgica em 30 de setembro de 1997 e residente de longa data em Mônaco, tornou-se apenas o quarto campeão mais jovem, aos 24 anos, 2 meses e 12 dias, atrás de Sebastien Vettel, Lewis Hamilton e Fernando Alonso.

Esta temporada foi a primeira em que sua equipe lhe forneceu um carro capaz de rivalizar com as Mercedes, campeãs todos os anos desde a introdução dos motores híbridos em 2014.

Os números mostram isso: de suas 20 vitórias, 10 foram conquistadas em 2021, e de suas 13 poles, 10 foram conquistadas neste ano.

A temporada de 2022, que começa em 20 de março no Bahrein, oferecerá a Hamilton uma chance de revanche?

Tudo pode acontecer, porque serão carros totalmente novos após a profunda mudança nos regulamentos. O suspense continua na F1.

--- Classificação final do Grande Prêmio de Abu Dhabi:

1. Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda) les 306,183 km em 1h 30:17.345 (velocidade média: 203,468 km/h)

2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) à 2.256

3. Carlos Sainz Jr (ESP/Ferrari) à 5.173

4. Yuki Tsunoda (JPN/AlphaTauri-Honda) à 5.692

5. Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri-Honda) à 6.531

6. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) à 7.463

7. Lando Norris (GBR/McLaren-Mercedes) à 59.200

8. Fernando Alonso (ESP/Alpine-Renault) à 1:01.708

9. Esteban Ocon (FRA/Alpine-Renault) à 1:04.026

10. Charles Leclerc (MON/Ferrari) à 1:06.057

11. Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin-Mercedes) à 1:07.527

12. Daniel Ricciardo (AUS/McLaren-Mercedes) à 1 volta

13. Lance Stroll (CAN/Aston Martin-Mercedes) à 1 volta

14. Mick Schumacher (ALE/Haas-Ferrari) à 1 volta

15. Sergio Pérez (MEX/Red Bull-Honda) abandono

Melhor volta da corrida: Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda) 1:26.103 na 40ª volta (média: 220,800 km/h)

Abandonos:

Kimi Räikkönen (FIN/Alfa Romeo Racing-Ferrari): problema mecânico 26ª volta

George Russell (GBR/Williams-Mercedes): problema mecânico 27ª volta

Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo Racing-Ferrari): problema mecânico 34ª volta

Nicholas Latifi (CAN/Williams-Mercedes): acidente na 51ª volta

Não participou: Nikita Mazepin (RUS/Haas-Ferrari)

--- Mundial de pilotos:

1. Max Verstappen (HOL) 395,5 pts

2. Lewis Hamilton (GBR) 387,5

3. Valtteri Bottas (FIN) 226

4. Sergio Pérez (MEX) 190

5. Carlos Sainz Jr (ESP) 164,5

6. Lando Norris (GBR) 160

7. Charles Leclerc (MON) 159

8. Daniel Ricciardo (AUS) 115

9. Pierre Gasly (FRA) 110

10. Fernando Alonso (ESP) 81

11. Esteban Ocon (FRA) 74

12. Sebastian Vettel (ALE) 43

13. Lance Stroll (CAN) 34

14. Yuki Tsunoda (JPN) 32

15. George Russell (GBR) 16

16. Kimi Räikkönen (FIN) 10

17. Nicholas Latifi (CAN) 7

18. Antonio Giovinazzi (ITA) 3

19. Nikita Mazepin (RUS) 0

20. Mick Schumacher (ALE) 0

21. Robert Kubica (POL) 0

--- Mundial de construtores:

1. Mercedes 613,5 pts

2. Red Bull-Honda 585,5

3. Ferrari 323,5

4. McLaren-Mercedes 275

5. Alpine-Renault 155

6. AlphaTauri-Honda 142

7. Aston Martin-Mercedes 77

8. Williams-Mercedes 23

9. Alfa Romeo Racing-Ferrari 13

10. Haas-Ferrari 0

--- Os últimos dez pilotos e construtores campeões mundiais de Fórmula 1:

Pilotos:

2021: Max Verstappen (HOL/Red Bull)

2020: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2019: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2018: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2017: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2016: Nico Rosberg (GER/Mercedes)

2015: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2014: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2013: Sebastian Vettel (GER/Red Bull-Renault)

2012: Sebastian Vettel (GER/Red Bull-Renault)

- Construtores:

2021: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2020: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2019: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2018: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2017: Mercedes (Lewis Hamilton e Valtteri Bottas)

2016: Mercedes (Lewis Hamilton e Nico Rosberg)

2015: Mercedes (Lewis Hamilton e Nico Rosberg)

2014: Mercedes (Lewis Hamilton e Nico Rosberg)

2013: Red Bull (Sebastian Vettel e Mark Webber)

2012: Red Bull (Sebastian Vettel e Mark Webber)

bur/ole-pel/jr/iga/aam

Esporte