PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Benzema 'não será excluído' da seleção francesa mesmo condenado, diz federação

Atacante será julgado em processo penal sobre suposta chantagem envolvendo Valbuena, ex-companheiro de equipe - Getty Images
Atacante será julgado em processo penal sobre suposta chantagem envolvendo Valbuena, ex-companheiro de equipe Imagem: Getty Images

10/11/2021 10h56

O atacante Karim Benzema "não será excluído" da seleção da França se for considerado culpado no processo penal sobre o caso da suposta chantagem envolvendo um ex-companheiro de time, declarou o presidente da Federação Francesa de Futebol, Noël Le Graët, em entrevista ao jornal Le Parisien .

"O treinador será sempre responsável pela sua seleção e Benzema não será excluído devido a uma possível sanção judicial", afirmou Noël Le Graët à publicação francesa.

"Mesmo que receba uma pena de prisão condicional, ele tem a possibilidade de interpor um recurso. Portanto, sua decisão, ou não, nos próximos meses, não estará vinculada a essa sentença", acrescentou dirigente do futebol francês sobre o atacante do Real Madrid.

"Jamais irei intervir para que ele não seja convocado. Então, cabe ao Didier (Deschamps, técnico da França) considerar se, no esporte, ele está apto para jogar pela seleção", acrescentou o presidente da FFF.

Karim Benzema, de 33 anos, voltou à seleção francesa em maio passado, após uma ausência de cinco anos.

No próximo dia 24 de novembro, o Tribunal Versalhes vai emitir uma decisão sobre o caso de uma suposta tentativa de chantagem envolvendo a divulgação de imagens com conteúdo sexual envolvendo o meia Mathieu Valbuena, ex-companheiro de seleção de Benzema.

Segundo a acusação, Valbuena teria sido ameaçado de ver o conteúdo divulgado, retirado do celular do jogado, caso não pagasse um valor aos chantageadores, sendo um deles um conhecido de Benzema, que teria dado orientações sobre como negociar com o meia.

Futebol