PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2021/2022

Uefa abre processo disciplinar por gritos racistas em jogo da Champions

Aurélien Tchouaméni avisou seu treinador e o árbitro sobre os gritos racistas após o gol do Mônaco - Divulgação/Mônaco
Aurélien Tchouaméni avisou seu treinador e o árbitro sobre os gritos racistas após o gol do Mônaco Imagem: Divulgação/Mônaco

05/08/2021 15h30

Paris, 5 Ago 2021 (AFP) - A Uefa anunciou nesta quinta-feira (5) a abertura de um procedimento disciplinar depois dos gritos racistas ouvidos na terça-feira em Praga durante a partida pela terceira rodada classificatória da Liga dos Campeões entre o Sparta e o Mônaco (0-2).

No expediente, a entidade máxima do futebol europeu aciona o clube da República Tcheca por "comportamento discriminatório", "mensagens injuriosas provocadoras" e "lançamento de objetos".

A partida da terça-feira teve que ser interrompida por vários minutos depois de uma denúncia dos jogadores monegascos, que ouviram gritos racistas do público.

Depois de ter aberto o placar de cabeça em uma cobrança de escanteio (37), o meia francês Aurélien Tchouaméni avisou seu treinador e o árbitro inglês da partida, Michael Oliver, sobre os gritos racistas ouvidos na comemoração do gol.

Tchouaméni reagiu depois nas redes sociais, assegurando que "o ódio não vencerá este jogo" e pediu à Uefa que o ocorrido "não fique impune".