PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atletismo: Italiano Marcell Jacobs conquista o ouro nos 100m rasos em Tóquio

01/08/2021 12h37

Tóquio, 1 Ago 2021 (AFP) - O italiano Marcell Jacobs Lamont conquistou a medalha de ouro nos 100 metros rasos neste domingo, nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Jacobs venceu com o tempo de 9 segundos e 80 centésimos, à frente do americano Fred Kerley (prata com 9.84s) e do canadense Andre de Grasse (bronze, 9,89s).

O britânico Zharnel Hughes foi eliminado após queimar a largada.

Marcell Jacobs Lamont sucede ao lendário Usain Bolt, que foi campeão olímpico em 2008, 2012 e 2016.

Jacobs se tornou o primeiro atleta europeu a conquistar o ouro nos Jogos Olímpicos desde o britânico Linford Christie em Barcelona-1992.

Este é um verdadeiro feito para Jacobs, um velocista de 26 anos nascido em El Paso (Texas, Estados Unidos), filho de mãe italiana e pai americano.

"Não sei o que dizer! É um sonho, um sonho, é fantástico. É incrível. É meu sonho de infância ganhar os Jogos Olímpicos. Estar na final e ganhar é um sonho que se tornou realidade", repetia o italiano.

"Quero agradecer a minha família que sempre me apoiou, aos meus filhos (Anthony e Jeremy) e a minha mãe, que foi minha fã número um desde que eu era criança", acrescentou.

A Itália nunca havia conseguido subir ao pódio olímpico nos 100 metros.

Lamont Marcell Jacobs não estava entre os grandes favoritos nesta prova de velocidade, tradicionalmente a mais esperada nas competições de atletismo.

Até agora ele havia se destacado especialmente nas competições indoor e este ano se sagrou campeão europeu indoor em Torun (Polônia).

O campeão mundial, o americano Christian Coleman, não participou destes Jogos Olímpicos, suspenso por três faltas em suas obrigações de localização para exames antidoping.

O favorito para os 100 metros desses Jogos era teoricamente o americano Trayvon Bromell, atleta que chegou ao Japão com o melhor tempo de 2021, mas o velocista da Flórida foi eliminado inesperadamente nas semifinais deste domingo, confirmando que a de Tóquio-2020 estava entre as provas olímpicas dos 100 metros rasos mais abertas e incertas da história, como acabou acontecendo.

A competição havia perdido parte de sua lenda com a saída de Bolt, mas uma página foi virada e emocionou com a surpresa.

Sólido em sua saída, Jacobs foi entrando aos poucos na história dos Jogos e acabou erguendo os braços musculosos quando percebeu que se tornou o novo campeão olímpico na prova rainha de Tóquio-2020.

kn-rg/fbx/dr/psr/aam/aa

Esporte