PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dois medalhistas georgianos são expulsos dos Jogos por saírem da Vila

31/07/2021 10h28

Tóquio, 31 Jul 2021 (AFP) - Dois atletas georgianos ganhadores de medalhas de prata foram descredenciados dos Jogos Tóquio-2020 por desrespeitarem as regras anticovid-19, ao deixarem a Vila Olímpica - anunciou o Comitê oímpico nacional no sábado.

Este é o primeiro caso de atletas punidos nestes Jogos, inaugurados em 23 de julho, por não respeitarem as severas restrições em vigor, as quais proíbem os participantes de saírem do alojamento. As únicas exceções são em caso de treino, ou para participar das competições.

Vazha Margvelashvili, de 27, e Lasha Shavdatuashvili, 29, deixaram a Vila Olímpica para se encontrar com "uma conhecida" que mora no Japão, admitiu um responsável da delegação georgiana, que pediu para não ser identificado.

"Quando saíram da Vila, não foram parados por ninguém na saída. Eles acharam que podiam sair, só queriam tomar um pouco de ar, relaxar depois de um dia difícil de competição, depois de um período difícil de confinamento", acrescentou.

Os dois atletas perderam o ouro para os judocas japoneses.

Margvelashvili enfrentou Hifumi Abe no domingo (25), enquanto Shavdatuashvili foi derrotado por Shohei Ono na segunda-feira (26).

De acordo com a mesma fonte, o credenciamento de ambos os atletas foi desativado na sexta-feira (30), e eles voltaram para seu país.

"É inadmissível que uma pessoa saia da Vila Olímpica para fazer turismo", declarou a porta-voz do comitê organizador dos Jogos Tóquio-2020, Masa Takaya.

kaf-si/ras/pm/psr/tt

Esporte