PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Daniel Alves, jogador com mais títulos do mundo, quer ampliar recorde com ouro olímpico

30/07/2021 10h47

Saitama, Japão, 30 Jul 2021 (AFP) - Entre os 42 títulos que o jogador de futebol de maior sucesso da história possui não está a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos. Por isso Daniel Alves quer aproveitar a presença em Tóquio-2020 para alcançar uma nova conquista.

Quando André Jardine divulgou a lista de convocados da seleção brasileira para estes Jogos, o nome de maior destaque dos três maiores de 23 anos era Dani Alves.

Com 38 anos completados em maio passado, o agora jogador do São Paulo se tornou o terceiro mais velho a disputar uma modalidade olímpica, atrás apenas de Ryan Giggs e Ricardo Piccinini.

Giggs jogou sua última partida olímpica aos 38 anos e 249 dias, nas quartas de final em que a Grã-Bretanha perdeu em Londres-2012 para a Coreia do Sul (1-1) na disputa de pênaltis (5-4), onde converteu sua cobrança.

O goleiro guatemalteco Piccinini disputou uma única partida aos 39 anos e 12 dias em Seul 1988, contra o Iraque (3-0), na fase de grupos que sua seleção não superou. Ele já havia disputado duas partidas vestindo as mesmas cores nos Jogos de Montreal-1976.

Mesmo que chegue à grande final, Dani Alves não ultrapassará nenhum dos dois como o mais velho a disputar os Jogos, mas pode ser o mais velho a disputar as semifinais, desde que o Brasil vença o Egito neste sábado.

"Sempre sonhei em participar dos Jogos, por isso foi um momento de muita alegria. Os Jogos Olímpicos são mágicos", reconheceu o lateral-direito, dias após a convocação de Jardine, em entrevista ao site da Fifa.

"Ganhar o ouro é uma responsabilidade enorme, mas vivo para isso. Desafios como esse me motivam muito", confessou o capitão da Seleção.

- De desafio em desafio -O ouro olímpico se tornou uma ambição para o veterano, que disputou todos os três jogos em Tóquio, mostrando que segue em grande forma apesar da idade.

Ele também sonha com outra marca. "Os 50 títulos! Acho que seria incrível, histórico. Espero chegar a 50 títulos antes de me aposentar e espero que esse número inclua a Copa do Mundo", disse ele animado na entrevista à Fifa.

Para chegar a esse número mágico, Daniel Alves ainda precisa de oito títulos em sua prolífica carreira na qual venceu 5 com o Sevilla, 23 com o Barcelona, 2 com a Juventus, 6 com o PSG e mais 6 com a seleção brasileira.

Ele já pode chegar aos 43 títulos nos próximos dias. Mas não será fácil. O Brasil tem pela frente o Egito nas quartas de final e pode enfrentar o México nas semifinais e a Espanha em uma final hipotética.

djm/psr/aam

JUVENTUS FOOTBALL CLUB

Esporte