PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Americano campeão mundial do salto com vara fica fora dos Jogos por covid-19

29/07/2021 09h13

Tóquio, 29 Jul 2021 (AFP) - O atleta americano Sam Kendricks, atual bicampeão mundial do salto com vara (2017 e 2019) testou positivo para covid-19 e por isso e está fora dos Jogos de Tóquio 2020, anunciou nesta quinta-feira o Comitê Olímpico e Paralímpico dos Estados Unidos (USOPC, na sigla em inglês).

"Estamos tristes em confirmar que Sam Kendricks testou positivo para covid-19 e não poderá competir nas Olimpíadas de Tóquio", informou através do Twitter o USOPC, dois dias antes da rodada eliminatória do salto com vara, marcada para sábado.

O atleta americano, bronze nos Jogos do Rio, está isolado em um hotel, acrescentou o comitê americano.

Kendricks, de 28 anos, era um dos favoritos da competição ao lado do sueco Armand Duplantis, atual recordista mundial (6,18 metros indoor).

Duplantis, de 21 anos, reforça ainda mais seu status de favorito.

Com um salto de 5,92 metros, Kendricks tem a segunda melhor marca do ano, empatado com o compatriota Chris Nilsen e o francês Renaud Lavillenie.

Duplantis é o único que superou a marca de 6 metros em 2021 em competições a céu aberto (6,10 metros, em 6 de junho).

"Até uma hora atrás, eu ainda estava me preparando para uma grande batalha com Sam. Ele é um dos meus principais rivais e alguém que definitivamente iria me pressionar na final", declarou Duplantis nesta quinta-feira na Vila Olímpica de Tóquio.

Duplantis afirmou que vai reforçar as medidas para evitar uma eventual infecção por covid-19 que o retire da competição.

"Não vou fazer coisas que não deveria fazer", disse o sueco.

"Vou comer, treinar. Vou tentar simplesmente não sair do caminho e não fazer nada desnecessário ou que possa me deixar em risco maior de contrair covid-19", completou.

A notícia do teste positivo de Kendricks deixou em alerta a equipe australiana de atletismo.

Três atletas se apresentaram como eventuais casos após interagirem com o americano do salto com vara e 54 pessoas da equipe - 41 atletas - ficaram em isolamento preventivo por algumas horas, informou o Comitê Olímpico Australiano (AOC).

O grupo foi autorizado a sair dos quartos depois da confirmação do teste negativo para covid-19 dos três atletas, que seguirão com medidas de isolamento, de acordo com o protocolo, mas autorizados a treinar e competir.

As provas de atletismo dos Jogos de Tóquio começam na sexta-feira.

rcw-jw/dr/psr/lca/fp

Esporte