PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hidilyn Diaz conquista o primeiro ouro da história das Filipinas em Jogos Olímpicos

26/07/2021 10h24

Tóquio, 26 Jul 2021 (AFP) - A halterofilista Hidilyn Diaz fez história nesta segunda-feira e se tornou a primeira atleta das Filipinas a ganhar uma medalha de ouro na história dos Jogos Olímpicos.

A levantadora de peso de 30 anos, que levou a prata nos Jogos Rio-2016, venceu a categoria até 55 kg no Tokyo International Forum e superou a chinesa Liao Qiuyun, dona do recorde mundial que teve que se contentar com o segundo lugar.

A filipina terminou a competição com 224 pontos (97 kg do arranque e 127 kg do arremesso), contra 223 de Liao (97 kg e 126 kg), respectivamente.

Zulfiya Chinshanlo, do Cazaquistão, levou a medalha de bronze com 213 pontos (90 kg e 123 kg).

Diaz já tinha um lugar garantido na história esportiva de seu país, ao lado de nomes como o ídolo do boxe Manny Pacquiao, como a única mulher das Filipinas a conquistar uma medalha olímpica - a prata surpreendente de 2016 acabou com uma seca de 20 anos sem pódios das Filipinas.

Diaz passou o último ano e meio treinando no exílio, na Malásia, por causa das restrições provocadas pela pandemia de covid-19. Esta foi sua quarta e provavelmente última participação nos Jogos Olímpicos.

A medalha de Diaz foi a 11ª do país na história das Olimpíadas, a primeira de ouro.

Ela é a segunda atleta filipina a subir mais de uma vez ao pódio em Jogos Olímpicos, depois do nadador Teofilo Yldefonzo, que levou o bronze nos 200 metros peito da natação nas edições de 1928 e 1932.

dh/jc/fp

Esporte