PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Palmeiras vence Defensa y Justicia (2-1) fora de casa pela Libertadores

05/05/2021 01h03

Florencio Varela, Argentina, 5 Mai 2021 (AFP) - O Palmeiras derrotou o argentino Defensa y Justicia por 2 a 1 como visitante, em partida da terceira rodada do Grupo A da Libertadores disputada na noite desta terça-feira no estádio Norberto Tito Tomaghello, em Florencio Varela, periferia ao sul de Buenos Aires.

Rony (47 e 56) marcou os gols da vitória do time paulista, enquanto Nicolás Tripichio (68) descontou para o 'Halcón' auriverde, no duelo entre os atuais campeões da Libertadores e da Sul-Americana.

Com o resultado, o Palmeiras se consolida como líder do Grupo A com 9 pontos, seguido pelo Defensa y Justicia com 4, o equatoriano Independiente del Valle (1) e o peruano Universitario (0), que se enfrentam na noite desta quarta-feira.

- Defensa desfigurado pela Covid -Com um elenco reduzido após mais de dez casos positivos de covid, desta vez a equipe argentina foi forçada a usar um esquema com cinco jogadores recuados para tentar deter o atual campeão da Libertadores.

Longe do estilo dinâmico que costuma usar em suas partidas, o 'Halcón' buscou, primeiro, se mostrar como um time compacto e fechando os espaços para a equipe paulista, que não demorou muito para se tornar dono da metade do campo com a movimentação e a habilidade de Patrick de Paula.

Só aos 20 minutos é que a primeira situação clara surgiu, e foi para o time da casa, após um erro na saída em que Bou mandou um cruzamento para a chegada surpresa de Benítez, que chutou de primeira ligeiramente acima do travessão.

Apesar ter o amplo domínio da posse de bola, o Palmeiras sentia falta de precisão no ataque e seu primeiro lance de perigo veio com uma bomba de meia distância de Renan em uma cobrança de escanteio, defendida em dois tempos pelo goleiro Unsaín.

A mesma receita foi aplicada pouco depois pelo colombiano Loaiza para tentar surpreender Weverton, com um chute de longe que obrigou o goleiro a mandar para escanteio.

A melhor chance do time visitante aconteceu nos acréscimos do primeiro tempo, com um passe longo que encontrou Rony bem posicionado, mas o atacante perdeu o duelo com Unsaín.

- Gols só no 2º tempo -Esse último lance da etapa inicial mostrou que o Palmeiras precisava de um toque entre as linhas para violar o mecanismo defensivo do Defensa y Justicia, e isso foi entendido por Luiz Adriano, que no início do segundo tempo deu um belo passe pelas costas dos zagueiros para Rony que desta vez não falhou e definiu antes da saída do goleiro.

A abertura do placar restaurou a confiança do artilheiro paulista e, com mais espaços, logo em seguida veio o 2 a 0, após uma triangulação entre Raphael Veiga e Luiz Adriano, que avançou pela direita e tocou para o chegada de Rony, que desta vez entrou pela esquerda para definir sem dificuldades.

A vitória parecia estar nas mãos do Verdão, mas o Defensa deu um toque de suspense em um tiro livre cruzado de Benítez que Tripichio desviou com a ponta do pé e mandou para as redes de Weverton (68).

Mas o placar não mudou mais. O Palmeiras voltou a comemorar em Buenos Aires, curiosamente com o mesmo resultado que obteve no jogo de ida da Recopa Sul-Americana, mas agora com três pontos que o deixam com um pé nas oitavas de final, contra um Defensa y Justicia que entrou em campo em meio ar circunstâncias negativas e que espera se recuperar nas próximas rodadas.

Na quarta rodada o Palmeiras visita o Independiente del Valle na terça-feira, dia 11 de maio, enquanto o Defensa viaja a Lima na quarta, dia 12, para enfrentar o Universitario.

str/gfe/aam

Esporte