PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Advogado de Maradona denuncia 'idiotice criminosa' por demora das ambulâncias

26/11/2020 10h17

Buenos Aires, 26 Nov 2020 (AFP) - Poucas horas após a morte de Diego Maradona por uma parada cardíaca, seu advogado chamou de "idiotice criminosa" a demora das ambulâncias para chegar na casa do ídolo do futebol e pediu uma investigação "até as últimas consequências", de acordo com um comunicado divulgado nesta quinta-feira (26).

"É inexplicável que durante 12 horas meu amigo não tenha recebido atendimento nem controle por parte da equipe de saúde (...). A ambulância levou mais de meia hora para chegar, o que foi uma idiotice criminosa", disse o comunicado do advogado Matías Morla.

"Este fato não pode ser ignorado e vou pedir que seja investigado até o final das consequências", afirmou.

Maradona morreu aos 60 anos de uma "insuficiência cardíaca aguda" na quarta-feira (25) em sua casa em um bairro privado do Tigre, periferia norte.

ml/ol/aa

Esporte