PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Juventus derrota Ferencváros no fim (2-1) e avança às oitavas da Champions

24/11/2020 20h01

Turim, Itália, 24 Nov 2020 (AFP) - A Juventus garantiu matematicamente a sua classificação para as oitavas da Liga dos Campeões, nesta terça-feira após vencer o Ferencváros por 2 a 1 em seu estádio em Turim nos acréscimos, pela quarta rodada do grupo G do torneio europeu.

A equipe húngara saiu na frente aos 19 minutos por meio de Myrto Uzuni mas os italianos viraram com gols do astro português Cristiano Ronaldo (35) e o atacante espanhol Álvaro Morata (90+2).

Com 9 pontos graças a esse gol de Morata, a Juve tem a certeza de terminar em uma das duas primeiras posições do grupo.

Está atrás do Barcelona, que soma 12 pontos depois de vencer por 4 a 0 na Ucrânia, o Dínamo de Kiev.

Nas próximas rodadas a Juventus vai lutar pela liderança contra o time catalão, a quem vai visitar no Camp Nou.

O time de Turim, que já havia derrotado o Ferencvaros por 4 a 1 em Budapeste na última rodada, venceu todos os seus jogos nesta Liga dos Campeões, exceto o 2-0 em casa diante do Barcelona.

Cristiano Ronaldo, depois de se curar do coronavírus, que o impediu de disputar esse jogo contra o Barça, continua mostrando que não perdeu seu faro de gol.

Ele marcou nos últimos três jogos pelo seu time, no empate em 1 a 1 com a Lazio no início deste mês e na vitória por 2 a 0, no último sábado fora de casa sobre o Cagliari, na Serie A, quando estufou as redes duas vezes.

No primeiro tempo, a Juventus começou com mais perigo e o argentino Paulo Dybala teve uma boa chance aos 14 minutos.

Mas o primeiro gol foi da equipe húngara, aos 18, quando o albanês Myrto Uzuni finalizou um cruzamento na área de Tokmac Nguen, apesar da marcação de Juan Cuadrado.

O colombiano se redimiu aos 35, quando deu uma assistência para Cristiano Ronaldo, que havia tido um gol anulado dois minutos antes, mas dessa vez empatou a partida com um chute rasteiro de fora da área.

A trave impediu os gols de Federico Bernardeschi (60) e Álvaro Morata (77) mas o atacante espanhol conseguiu o gol da vitória nos acréscimos (90+2), com uma cabeçada após um cruzamento de Cuadrado.

bur/dr/mcd/aam

Esporte