PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Bahia vence Unión Santa Fe (1-0) no jogo de ida das oitavas da Sul-Americana

24/11/2020 22h04

Salvador, 25 Nov 2020 (AFP) - O Bahia derrotou o Unión Santa Fe da Argentina por 1 a 0 com um gol de pênalti nesta terça-feira, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O atacante Gilberto converteu aos 78 um pênalti que Rossi provocou diante do goleiro Moyano.

O gol aliviou o time brasileiro, que mais uma vez mostrou uma defesa frágil e em vários momentos do jogo foram pressionados pelos argentinos na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O jogo de volta, que promete ser bastante intenso, será disputado na terça-feira, dia 1º de dezembro, em Santa Fé.

Quem vencer o duelo vai enfrentar nas quartas de final o vencedor do confronto entre Vasco e o argentino Defensa y Justicia.

A noite começou mal para o tricolor baiano, sem seu técnico Manu Menezes, que horas antes do jogo testou positivo para o coronavírus.

Os brasileiros tentaram superar essa adversidade e entraram em campo com mais ímpeto, tocando a bola e buscando profundidade para surpreender os argentinos. Eles se aproximaram do gol rival várias vezes, mas Sebastián Moyano afastava o perigo sem maiores problemas.

O Unión Santa Fe, que se tornou a equipe revelação do torneio ao eliminar pesos pesados como Atlético Mineiro e Emelec em sua segunda participação continental, mais uma vez mostrou que é um time destemido e foi se fortalecendo minuto a minuto com unidade, concentração e pressão.

Os argentinos souberam neutralizar o meia-ofensivo Daniel, que costuma criar perigo, e abriram espaço na defesa brasileira, ponto fraco da equipe de Mano Menezes.

E a equipe de Juan Manuel Azconzábal só não marcou no primeiro tempo porque esbarrou nas defesas do goleiro Douglas Friedrich, que perto do fim desviou com a ajuda do travessão uma cabeçada perigosa e defendeu uma bomba da entrada da área.

- Três substituições de uma vez -No segundo tempo, o Unión entrou com o mesmo ímpeto, mas melhor posicionado. O time assumiu o controle do jogo, avançou, pressionou os baianos, e Douglas teve que mostrar serviço mais uma vez.

Para mudar esse panorama, Claudio Prates, substituto de Menezes, fez três alterações aos 60 minutos o que deixou a equipe mais ofensiva.

Com isso ele equilibrou o jogo no meio de campo. Os brasileiros então tentaram sufocar os argentinos e desperdiçaram um contra-ataque que culminou em um erro de Rossi na lateral direita. Por outro lado, Márquez perdeu uma grande oportunidade quando estava desmarcado diante do goleiro do Bahia.

Perto do fim surgiu a chance de ouro para os brasileiros, no pênalti provocado por Rossi. Depois do gol, o tricolor conseguiu administrar e garantiu a importante vitória.

jm/gfe/aam

Esporte