PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dono da equipe de F1 Racing Point testa positivo para covid-19

23/10/2020 00h09

Portimao, Portugal, 23 Out 2020 (AFP) - Após seus dois pilotos, o dono da Racing Point, Lawrence Stroll, também testou positivo para coronavírus, informou a equipe de Fórmula 1 nesta quinta-feira.

Depois do mexicano Sergio Pérez, em agosto, e do canadense Lance Stroll, seu filho, há duas semanas, agora é a vez do dono da equipe ficar doente.

Quando foram diagnosticados com o coronavírus, ambos pilotos foram substituídos nas etapas nas quais não puderam competir pelo alemão Nico Hülkenberg que dirigiu no lugar de Pérez no Grande Prêmio da Inglaterra e na corrida do 70º aniversário do Mundial de F1 em agosto, e depois pilotou o carro de Lance Stroll no GP de Eifel, há duas semanas.

O chefe da equipe Racing Point, Otmar Szafnauer, afirmou nesta quinta-feira, às vesperas do GP de Portugal, que Lawrence Stroll testou positivo para covid-19 em 11 de outubro.

Para evitar qualquer problema neste fim de semana, Hülkenberg estará presente no circuito do Algarve, pronto para substituir um dos dois pilotos caso um deles volte a dar positivo para o vírus.

jld/cp/psr/iga/lca

Esporte