PUBLICIDADE
Topo

Pena é revertida, e City está liberado para participar de torneios europeus

Manchester City tem pena revertida e pode disputar competições europeias - REUTERS/Darren Staples
Manchester City tem pena revertida e pode disputar competições europeias Imagem: REUTERS/Darren Staples

13/07/2020 10h23Atualizada em 13/07/2020 11h41

A Corte Arbitral do Esporte (CAS), principal jurisdição do mundo esportivo, decidiu hoje autorizar, após o julgamento da apelação, a participação do Manchester City nas próximas competições europeias, revertendo a pena que condenava o clube inglês a dois anos de suspensão por não cumprir o Fair Play Financeiro (FPF).

"O Manchester City não disfarçou seus contratos de patrocínio, mas falhou em cooperar com a Uefa [entidade que administra o futebol europeu], afirma o CAS na decisão.

Pela nova decisão, o clube, que pertence ao Sheikh Mansour bin Zayed bin Sultan Al Nahayan, dos Emirados Árabes Unidos, e é treinado por Pep Guardiola, foi condenado a pagar uma multa de 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 60 milhões, em conversão atual) à Uefa, ao invés dos 30 milhões de euros (cerca de R$ 180 milhões) inicialmente decididos pela entidade.

A Uefa acusou o City de inflar a receita com seus patrocinadores vinculados ao Abu Dhabi United Group, empresa do proprietário do clube, para cumprir com as regulamentações estritas do FPF entre 2012 e 2016.

Em um comunicado divulgado imediatamente após a decisão do CAS, o Manchester City comemorou "as implicações da decisão de hoje, que valida sua posição e o conjunto de provas apresentadas".

Desde que o Sheikh Mansour comprou o clube há 12 anos, o papel do City no futebol inglês e continental mudou, deixando de lado sua tradicional rivalidade com o Manchester United para virar uma potência do futebol inglês, com a conquista de quatro edições do Campeonato Inglês na última década (2012, 2014, 2018 e 2019) e duas Copas da Inglaterra (2011 e 2019), mais títulos que nos primeiros 100 anos do clube.

No entanto, o ambicioso projeto ainda não conseguiu conquistar seu principal objetivo, o título da Liga dos Campeões

Esporte