PUBLICIDADE
Topo

Leipzig poderá receber público em seu estádio no início do próximo Alemão

Jogador do RB Leipzig - Maja Hitij/Getty Images
Jogador do RB Leipzig Imagem: Maja Hitij/Getty Images

em Berlim (Alemanha)

02/07/2020 16h54

O RB Leipzig recebeu hoje o apoio das autoridades locais de saúde para um retorno parcial do público ao seu estádio quando o campeonato da Bundesliga de 2020/2021 começar em setembro, seguindo um rigoroso protocolo de saúde.

É o primeiro clube a obter esse sinal verde para o projeto de retorno de espectadores. O plano da equipe da extinta Alemanha Oriental é poder preencher o estádio em 50% de sua capacidade, com cerca de 20.000 pessoas, disseram autoridades municipais à SID, afiliada esportiva da AFP.

"O RB Leipzig apresentou um conceito de higiene que é rígido e adequado, segundo o Ministério da Saúde, para reduzir significativamente o risco de infecções. Por esse motivo, o serviço público de saúde o aprovou", explicou uma autoridade da cidade.

Além de conseguir preencher no máximo 50% do estádio, os torcedores terão ingressos personalizados e deverão obrigatoriamente usar uma máscara. Os assentos adjacentes deverão ficar vazios, exceto para pessoas que moram no mesmo lar.

A venda de alimentos não será permitida, nem a de bebidas, de acordo com o Bild. Também será incentivado que o trajeto ao estádio não seja feito por transporte público.

O retorno parcial dos espectadores também está condicionado a que a pandemia do novo coronavírus não registre um recrudescimento.

Segundo o Bild, o Bayern de Munique, o Borussia Dortmund e o Colônia também propuseram projetos semelhantes às respectivas autoridades locais. O Dortmund gostaria de ter permissão para um terço de seu estádio, o que permitiria o comparecimento de 28.000 espectadores.

A Bundesliga 2019-2020, que foi interrompida durante dois meses pela pandemia, terminou no último sábado, com o Bayern de Munique como campeão.