PUBLICIDADE
Topo

Tottenham e Manchester United retornam ao Campeonato Inglês com empate

Resultado de 1 a 1 foi ruim para as pretensões das duas equipes nas brigas por vagas em competições europeias - Glyn Kirk/AFP
Resultado de 1 a 1 foi ruim para as pretensões das duas equipes nas brigas por vagas em competições europeias Imagem: Glyn Kirk/AFP

Da AFP, em Londres (Inglaterra)

19/06/2020 19h10

Tottenham e Manchester United empataram hoje em 1 a 1, pela 30ª rodada da Premier League, a primeira a ser disputada integralmente depois da retomada da competição após a paralisação devido ao coronavírus. O resultado não satisfez nenhum dos times.

Apesar do ponto conquistado, os Spurs somam agora 42, mas podem acabar mais longe da zona da Champions — o quarto, o Chelsea, tem 48 com um jogo a menos. O United corre o risco até de perder seu quinto lugar (está a dois pontos do mesmo Chelsea) se o Sheffield United vencer o Newcastle no domingo.

A partida, a primeira disputada pelas duas equipes após a retomada da Premier League, mostrou que três meses de inatividade causam danos.

Após os primeiros 20 minutos em que nada aconteceu em campo, o jogo foi foi se animando, principalmente por parte do time da casa, que abriu o placar com um gol do atacante holandês Steven Bergwijn, após uma grande jogada individual aos 27 min.

O United melhorou no segundo tempo, principalmente após a entrada do francês Paul Pogba no lugar do volante brasileiro Fred aos 18.

O meio-campo campeão do mundo em 2018 com a França provocou o pênalti, após uma entrada do defensor Eric Dier, que o português Bruno Fernandes converteu e empatou em 1 a 1 já aos 36 min.

No último minuto, o árbitro apitou outra penalidade devido a uma falta cometida por Dier no próprio Fernandes, mas o VAR mostrou que não houve contato e o árbitro voltou atrás em sua decisão, e o placar não mudou mais.

Southampton vence Norwich

Mais cedo, o Southampton venceu o Norwich por 3 a 0 e somou três pontos que praticamente garantem sua permanência na Premier League — ao contrário de seu adversário, lanterna e quase rebaixado.

O atacante Danny Ings, aos 4 min do segundo tempo; o meia escocês Stuart Armstrong, aos 9 min; e o meia-atacante Nathan Redmond, aos 34 da etapa final, foram os autores dos gols da vitória dos visitantes, que subiram para o 13º lugar, com 37 pontos, dez acima da zona de rebaixamento.

Com 21 pontos, no entanto, o Norwich continua a dar passos gigantescos em direção ao rebaixamento para o Championship, a segunda divisão inglesa.

O Liverpool, cujo último título de campeão inglês remonta ao ano de 1990, pode conquistar a Premier League nesta rodada, desde que vença no domingo o clássico contra o Everton (12º) e o Manchester City (2º) perca na segunda-feira para o Burnley (10º)