PUBLICIDADE
Topo

UCI prorroga até 1º de junho a suspensão do calendário do ciclismo

01/04/2020 17h20

Paris, 1 Abr 2020 (AFP) - A União Internacional de Ciclismo (UCI) anunciou nesta quarta-feira a prorrogação por um mês, até 1º de junho, da suspensão de todas as suas provas, e com isso a de Dauphiné, preparatória para o Tour de France, não será disputada, devido à pandemia de coronavírus.

Essa prorrogação da suspensão inclui todas as disciplinas de ciclismo e todas as categorias, disse a UCI, presidida por David Lappartient.

Além de Dauphiné, cuja largada estava marcada para 31 de maio em Clermont-Ferrand, os outros eventos WorldTour (categoria mais alta) marcados para maio já estavam suspensos: Tour da Romandia, Eschborn Frankfurt e o Giro d'Italia, a segunda competição por etapas mais importante após o Tour de France.

A decisão de prorrogar a suspensão do calendário do ciclismo foi tomada após uma reunião realizada nesta quarta-feira na UCI, com representantes das organizações, equipes e ciclistas.

A UCI, que recebeu mais de 450 pedidos de adiamento ou cancelamento de testes, acrescentou que proporá nas próximas semanas um esboço do calendário com base nos possíveis cenários diferentes.

Já foi criado um grupo de trabalho composto por representantes da UCI, ciclistas (CPA) e trabalhadores (AIGCP), com o objetivo de "sugerir iniciativas concretas, especialmente nos contratos dos ciclistas e a situação das equipes no contexto atual de inatividade ligada à pandemia".

jm/pm/aam

Esporte