PUBLICIDADE
Topo

Estreia do documentário sobre o Chicago Bulls é antecipada para abril

Documentário do Chicago Bulls da era de Jordan e Pippen é marcado para abril  - AP Photo/Tom Cruze
Documentário do Chicago Bulls da era de Jordan e Pippen é marcado para abril Imagem: AP Photo/Tom Cruze

31/03/2020 15h54

A tão aguardada minissérie documental sobre o lendário Chicago Bulls de Michael Jordan, que dominou a NBA na década de 1990, foi concluída antecipadamente para poder lançá-la em abril para fãs de todo o mundo, anunciou a ESPN na terça-feira.

O documentário "The Last Dance" (O Último Baile), composto por 10 episódios, seria originalmente lançado no início de junho, coincidindo com o início das finais da NBA.

Mas diante da pandemia da Covid-19, que deixou os fãs sem jogos da NBA e de nenhuma das outras principais ligas e torneios esportivos, a ESPN decidiu antecipar a estreia para abril.

"O dia 19 de abril não pode chegar rápido o suficiente. Mal posso esperar!", escreveu Lebron James em sua conta no Twitter quando ouviu a notícia.

O astro do Los Angeles Lakers, cuja equipe estava na liderança da Conferência Oeste quando a temporada foi suspensa em 11 de março, foi um dos que pediram ao público que assistisse o documentário o mais rápido possível, em um momento em que grande parte dos habitantes dos Estados Unidos e de outros países é mantida em casa em quarentena, sem eventos esportivos ao vivo na televisão.

"The Last Dance" pode ser visto fora dos Estados Unidos na Netflix, que transmitirá os episódios por cinco segundas-feiras consecutivas que começarão em 20 de abril.

"Michael Jordan e os Bulls dos anos 90 não eram apenas superastros do esporte, eram um fenômeno global", disse o diretor do documentário, Jason Hehir. "Fazer 'The Last Dance' foi uma oportunidade incrível para explorar o impacto extraordinário de um homem e um time".

A produção acompanha o Chicago Bulls de Jordan durante a temporada 1997-98, na qual conquistou seu sexto anel em um período de oito anos, antes de aquele que foi considerado o melhor jogador da história do basquete deixar a franquia e iniciar um de seus dois afastamentos das quadras.

A equipe de filmagem teve permissão de Jordan, do treinador Phil Jackson e do proprietário Jerry Reinsdorf para fazer essas imagens. Parte do material passou quase um quarto de século sem ser exibido ao público.

"Enquanto a sociedade navega neste momento sem competições ao vivo, os espectadores continuam olhando para o mundo do esporte para escapar e desfrutar de uma experiência coletiva", afirmou a ESPN em um comunicado.

"Ouvimos os apelos de fãs nos pedindo para adiantar a data de lançamento desta série, e temos o prazer de anunciar que conseguimos acelerar o cronograma de produção para fazer exatamente isso", disse a empresa.

Basquete