PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Casillas vai se aposentar dos gramados, diz presidente do Porto

Iker Casillas em campo pelo Porto - REUTERS/Miguel Vidal
Iker Casillas em campo pelo Porto Imagem: REUTERS/Miguel Vidal

Em Lisboa (Portugal)

18/02/2020 14h44

O goleiro Iker Casillas, que não joga desde o ataque cardíaco que sofreu em maio de 2019, encerrará sua carreira de jogador em busca de sua candidatura à presidência da Federação Espanhola de Futebol (RFEF), afirmou hoje o presidente do seu clube, o Porto.

"Antes de anunciar sua candidatura, Iker Casillas veio me ver para me informar sobre sua decisão de que encerraria sua carreira", disse à imprensa portuguesa Jorge Nuno Pinto da Costa.

O ex-capitão da seleção espanhola, de 38 anos, anunciou na segunda-feira sua decisão de concorrer à presidência da RFEF em 2020.

"Sua atitude me emocionou muito. Ele foi impressionante ao longo de sua carreira, construída em apenas dois clubes: Porto e Real Madrid", acrescentou Pinto da Costa sobre o icônico goleiro, campeão do mundo em 2010 e bicampeão europeu (2008, 2012) com a Espanha.

Vítima de um ataque cardíaco durante um treino em maio de 2019, Casillas passou a integrar a comissão técnica da equipe portuguesa durante sua recuperação e não voltou a jogar nenhum jogo oficial. Mas ele não chegou a anunciar oficialmente sua aposentadoria.

O ex-goleiro do Real Madrid, vencedor de três Ligas dos Campeões com a equipe merengue (2000, 2002 e 2014), faz parte da pequena lista de jogadores que disputaram mais de 1.000 partidas profissionais.

Após 25 anos no Real Madrid, Casillas assinou pelo Porto em 2015, com o qual venceu o Campeonato Português em 2018 e ultrapassou 150 jogos com a camisa dos 'Dragões'.

Futebol