PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Zamalek, do Egito, vence Espérance e conquista sua quarta Supercopa da África

14/02/2020 17h30

Ar Rayyan, Catar, 14 Fev 2020 (AFP) - O time egípcio Zamalek conquistou nesta sexta-feira em Doha a Supercopa da África ao vencer o Espérance da Tunísia por 3 a 1, em uma partida que quase deixou de ser disputada devido a tensões geopolíticas.

No plano esportivo, a vitória do Zamalek, campeão no ano passado da Copa da Confederação, foi encaminhada no segundo tempo, graças a dois gols de Achraf Bencherki (58, 90+5).

Antes, os egípcios haviam aberto o placar por meio de Youssef Obama logo aos 2 minutos, mas o Espérance deixou tudo igual no início da segunda etapa (54) com uma penalidade convertida por Raouf Benguit para os tunisianos, vencedores da Liga dos Campeões africanos em 2019.

O Zamalek tem agora quatro Supercopas Africanas em sua galeria e se torna o segundo clube mais premiado nesse torneio, atrás de outro time do Cairo, o Al Ahly (que tem seis títulos).

A partida teve uma dimensão geopolítica devido às tensões entre o Egito e o Catar, país em que a competição é disputada desde a última temporada.

Em um primeiro momento, o Zamalek havia ameaçado boicotá-la. O Egito é um dos quatro países que impõe um boicote econômico ao Catar, acusado de apoiar o Irã e grupos islâmicos radicais, algo que Doha nega.

gw/kau/dr/aam

Esporte