PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Americana Coco Gauff conquista aos 15 anos seu primeiro torneio WTA em Linz

Coco Gauff derrotou a letã Jelena Ostapenko na final com parciais de 6/3, 1/6 e 6/2 - @WTALinz/Twitter
Coco Gauff derrotou a letã Jelena Ostapenko na final com parciais de 6/3, 1/6 e 6/2 Imagem: @WTALinz/Twitter

Da AFP, em Linz (Áustria)

13/10/2019 13h04

A menina-prodígio do tênis, a americana Coco Gauff, conquistou aos 15 anos seu primeiro título WTA em Linz, ao vencer, em sua primeira final, a letã Jelena Ostapenko com parciais de 6/3, 1/6 e 6/2, neste domingo na cidade austríaca.

Gauff despontou para a fama ao eliminar sua compatriota e ídolo Venus Williams na primeira fase de Wimbledon, no início de julho, antes de ser eliminada por Simona Halep nas oitavas de final do torneio britânico.

A tenista americana havia entrado no quadro principal de Linz como lucky loser (convidada) após perder nas rodadas de classificação, completando uma semana mágica que a levou a se tornar a vencedora mais jovem na WTA desde que a tcheca Nicole Vaidisova levantou os títulos em Vancouver e Taskent aos 15 anos em 2004.

"Lembrarei deste dia pelo resto da minha vida. Foi uma semana incrível e espero voltar no futuro", declarou em meio a longos aplausos dos 3 mil espectadores.

Gauff, que na segunda-feira vai entrar no Top 100 da WTA (passando do posto de número 110 ao 71), também brilhou neste ano no US Open, quando foi eliminada na terceira fase pela detentora do título, a japonesa Naomi Osaka.

Neste domingo, diante de uma campeã de Roland Garros como Ostapenko (2017), Gauff começou muito sólida mas mostrou instabilidade no segundo set, no qual perdeu o serviço três vezes. A jovem se repôs e arrasou na parcial decisiva, abrindo uma vantagem de 5-0.

"Muito bem, Coco. Você tem um futuro brilhante, foi um prazer compartilhar a quadra contigo hoje. Foi uma semana dura para mim, mas estou contente de ter alcançado a final, embora o resultado não tenha sido o esperado", declarou a letã.

O torneio feminino de Linz foi disputado em quadra dura e dividiu US$ 250 mil dólares em prêmios.

Tênis