PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente da federação alemã quer mais mulheres nas diretorias dos clubes

03/03/2019 17h55

Berlim, 3 Mar 2019 (AFP) - O presidente da Federação Alemã de Futebol, Reinhard Grindel, considerou neste domingo "indispensável" que mais mulheres assumam cargos nas diretorias dos clubes alemães para "garantir o futuro".

"A diversidade de nossa sociedade está representada de forma muito limitada nas instâncias dirigentes; é um desafio não só para o futebol, mas também para outras muitas organizações e setores da sociedade", disse Grindel em uma entrevista publicada neste domingo pelo jornal Welt-am-Sonntag.

"Para garantir o futuro dos clubes é indispensável contratar mais mulheres nos cargos de responsabilidade", acrescentou.

Grindel, ex-deputado pela CDU (o partido conservador da chanceler Angela Merkel) esteve no centro das atenções no verão europeu de 2018 por sua gestão do caso de jogadores turcos na seleção alemã. Mesut Özil, que se aposentou definitivamente da seleção pela qual se sagrou campeão do mundo na Copa de 2014, declarou: "aos olhos de Grindel e de seus apoiadores, eu sou alemão quando ganhamos, mas sou um imigrante quando perdemos".

cpb/ama/iga/aam

Esporte