PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Bale perde a paciência em semana de clássicos Real-Barça

25/02/2019 15h36

Madri, 25 Fev 2019 (AFP) - Gol... e irritação. A dois dias do primeiro de dois clássicos da semana contra o Barcelona, Gareth Bale evidenciou no domingo contra o Levante sua insatisfação no Real Madrid, clube no qual estava destinado a ser uma estrela, mas se vê habitualmente no banco de reservas.

O atacante galês entrou em campo no domingo no segundo tempo e marcou de pênalti o gol da vitória do Real sobre o Levante (2-1), ajudando os merengues a somar três pontos importantes para se manter na briga pelo título espanhol.

Mas, após converter o pênalti, Bale fez questão de não comemorar e ainda se desvincilhou dos companheiros que queriam cumprimentá-lo.

"Que Gareth Bale está irritado é uma realidade incontestável", afirmou nesta segunda-feira o diário esportivo Marca.

"Ele estava eufórico no vestiário porque marcou, adorei como entrou em campo e a raiva com que jogou nos minutos que teve", defendeu o técnico do Real Madrid, Santiago Solari.

- 'Que faça gols' -"Ele nos deu a vitória. Estou muito feliz pela maneira como jogou e como entrou. Depois, que comemore os gols como quiser, mas que faça gols", completou o técnico argentino.

Após a saída de Cristiano Ronaldo ao fim da temporada passada, esperava-se que Bale, junto com Karim Benzema, assumisse a responsabilidade e o protagonismo. Mas, até agora, só o francês respondeu ao desafio.

Benzema se tornou imprescindível na equipe titular do Real e já balançou as redes 20 vezes na temporada em 40 jogos oficiais.

Por outro lado, Bale foi titular em apenas seis dos 30 jogos em que esteve à disposição, tendo entrado em muitas partidas como reserva. Assim, tem 13 gols, três deles nos últimos cinco jogos do Campeonato Espanhol.

O gol marcado contra o Atlético de Madrid (3-1), porém, poderá custar caro a Bale. O galês mandou uma banana aos torcedores após balançar as redes e foi denunciado pela Liga pelo incidente.

Perseguido pelas lesões desde que chegou ao Real Madrid em 2013, quando foi comprado junto ao Tottenham, Bale, 29 anos, foi perdendo protagonismo na equipe para Lucas Vázquez e principalmente para o brasileiro Vinicius Junior, xodó da torcida merengue.

"Sem dúvida que está sendo afetado pelo fato de Vinicius estar tomando seu protagonismo", escreveu Relaño, afirmando que a atitude de Bale na comemoração "define muito bem como não é querido no grupo".

- Inglês e golfe -Marcelo revelou em entrevista que Bale "só fala inglês" apesar de estar a seis anos na Espanha, enquanto o goleiro Thibaut Courtois afirmou que o galês é chamado no vestiário de "o golfista" por seu imenso amor por este esporte.

Bale "não achou nem um pouco engraçado as declarações do goleiro e do lateral", garantiu nesta segunda-feira o Marca, afirmando que o galês também não se sente bem tratado pela imprensa espanhola.

Apesar de tudo isso, Bale tem sido determinante em jogos importantes ao longo de seus seis anos no Real Madrid. E o clube se prepara para encarar duas partidas decisivas.

Na quarta-feira, o Real Madrid receberá o Barcelona na volta das semifinais na Copa do Rei (1-1 na ida), antes de voltar a jogar com o arquirrival catalão no sábado pelo Campeonato Espanhol.

"Tem gente no clube que acredita que quanto mais irritado está o galês, mais rende", afirmou o Marca, algo que os torcedores esperam que continue se concretizando.

gr/pm/am

Esporte