PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Zidane e Wenger são ventilados como substitutos de Kovac no Bayern

26/11/2018 14h16

Berlim, 26 Nov 2018 (AFP) - Os franceses Arsène Wenger e Zinédine Zidane são os nomes mais comentados pela imprensa alemã, nesta segunda-feira, para assumirem o Bayern de Munique no caso de uma possível demissão do técnico Niko Kovac da equipe.

Para o jornal Bild, o nome de Wenger, ex-técnico do Arsenal, é comentado cada vez mais internamente. Já a revista Kicker também menciona Zidane, ex-comandante do Real Madrid.

A imprensa alemã conta que Wenger teria vantagem por falar alemão, enquanto Zidane tem o prestígio de ter conquistado três títulos da Liga dos Campeões consecutivos.

Até o momento, Kovac segue no cargo e prepara o time para o duelo de terça-feira contra o Benfica na Champions. Um empate garante os bávaros nas oitavas de final.

No entanto, as últimas semanas foram desgastantes para o treinador, que não vence na Bundesliga desde 27 de outubro e está a nove pontos do líder Borussia Dortmund.

Após o empate em 3 a 3 com o Düsseldorf no sábado, o presidente do Bayern Uli Hoeness demonstrou distanciamento do técnico pela primeira vez.

"Precisamos colocar as coisas em ordem. Precisamos utilizar os próximos dias, talvez as próximas semanas, para encontrar a solução adequada", respondeu Hoeness após pergunta sobre o futuro de Kovac.

A imprensa alemã garante que vários jogadores se pronunciaram contra a permanência de Kovac após o empate de sábado contra Düsseldorf.

"Não vamos tornar públicas coisas internas. O fato é que estamos em uma má posição e todos temos que nos perguntar como sair desta situação", falou Hoeness sem desmentir a informação.

cpb/dep/gh/fa

SPORT LISBOA E BENFICA - FUTEBOL

Esporte