PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do Lyon não lamenta tuíte ofensivo contra mandatário do PSG

29/08/2017 15h22

Lyon, 29 Ago 2017 (AFP) - O presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, que retuitou um vídeo de deboche contra o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, se desculpou nesta terça-feira aos que "se surpreenderam", mas afirmou não lamentar o que considera ser uma publicação humorística.

Muito ativo nas redes sociais, Aulas afirmou que "estava morrendo de rir" após ver um tuíte de um vídeo em que um canguru toca suas partes genitais com a legenda "Nasser e o fair-play financeiro", e que por isso retuitou a postagem.

O tuíte em questão ironizava o fato do PSG ter pago 222 milhões de euros pelo craque brasileiro Neymar e estaria a ponto de adquirir os serviços da promessa Kylian Mbappé por 180 milhões.

"Algumas pessoas não entendem o humor desse tuíte, que é formidável... É verdade, porque aconteceu na vida real. Se surpreendeu, peço desculpas às almas comovidas, que não são surpreendidas pela inundação de insultos que recebo ao longo do dia, mas que se surpreendem com algo engraçado", justificou ironicamente Aulas.

"Sou uma pessoa que gosta da juventude e que acha engraçado um monte de coisas. Não lamento. Lamento apenas ter complicado as coisas para pessoas que não merecem ter problemas", completou o dirigente.

Em diversas ocasiões, o presidente do Lyon se mostrou contrário à política esportiva do PSG, acusando o clube da capital de promover uma "desregulação total" do mercado, fazendo aumentar os valores das transferências e dos salários dos jogadores.

fjt-rub/pm/am

TWITTER

Esporte