PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Allegri e Mourinho a favor de mercado de transferências mais curto

18/08/2017 13h02

Roma, 18 Ago 2017 (AFP) - O técnico Massimiliano Allegri, da Juventus, lamentou que o mercado de transferências permaneça aberto até o dia 31 de agosto, nesta sexta-feira, e indicou que seria necessário encurtá-lo.

"Sou contra o mercado de contratações acabar no dia 31 de agosto. Para essa época, os times já deveriam estar formados. Espero que algum dia a janela de transferências acabe mais cedo", indicou o treinador em coletiva de imprensa.

A postura foi referendada na quinta, pelo diretor esportivo da Velha Senhora, Giuseppe Marotta.

"O mercado é longo e muito pesado. Deveria fechar quando os campeonatos começassem", indicou o dirigente.

"Entendo que já não existam jogadores que passem a vida inteira em um clube, mas o que acontece agora é um espetáculo que pouco tem a ver com o esporte. Nós arriscamos chegar a um futebol-circo", acrescentou.

Um dia antes da segunda rodada da Premier League, o técnico português do Manchester United, José Mourinho, também se posicionou favorável ao encurtamento da janela.

"Como treinador, e não como um ator do mercado, preferiria que a janela de transferências terminasse o quanto antes", indicou Mourinho em coletiva.

"Desta forma, todo mundo saberia de quais jogadores dispõe. As contratações deveriam ser realizadas antes e ninguém esperaria até a última semana", acrescentou.

"E se a pergunta é saber se nós nos exporíamos a perder nossos jogadores, fechando nosso mercado antes dos outros países, eu respondo com outra pergunta: quantos clubes do mundo são capazes de comprar os melhores jogadores da Premier?", lançou o português.

"A resposta é evidente. O risco é mínimo e os grandes times sabem disso", acrescentou o técnico. "Se não pudermos comprar depois de 14 ou 15 de agosto, também não vamos vender. Se estiverem interessados em um jogador da Premier, terão que pensar isso antes", concluiu.

Segundo publicação do Daily Telegraph, os clubes ingleses estariam estudando encurtar a janela de transações, cujo final seria antes do início da temporada.

A proposta, segundo o jornal, vai ser apresentada em reunião entre os clubes britânicos no dia 7 de setembro.

Esporte