PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Schweinsteiger deixa Manchester United para jogar no Chicago Fire

21/03/2017 13h23

Londres, 21 Mar 2017 (AFP) - O meia Bastian Schweinsteiger, capitão da seleção alemã que ganhou a Copa do Mundo-2014, deixará o Manchester United para assinar com o Chicago Fire, da Liga americana de futebol (MLS), anunciou nesta terça-feira o clube inglês.

"Fico triste de me afastar de tantos amigos do Manchester United, mas agradecido ao clube por permitir enfrentar o desafio de jogar no Chicago Fire", declarou o jogador alemão, em comunicado publicado pelo United.

Schweinsteiger, de 32 anos e ídolo do Bayern de Munique (2002-2015), disputava sua segunda temporada no clube inglês, mas não era muito aproveitado pelo técnico José Mourinho.

A contratação do alemão depende de um exame médico e da obtenção do visto de trabalho, esclareceu o United.

"Gostei de ter trabalhado com o técnico, os jogadores e os funcionários e desejo a todos o melhor no futuro. Mas tenho que reservar um agradecimento especial aos torcedores do United, cujo apoio foi uma parte muito especial de meu tempo em Manchester", completou o jogador, que ganhou a Copa da Inglaterra com o clube.

O alemão se despede do clube com um balanço ruim: 1 gol em 19 jogos disputados.

Schweinsteiger, com 114 jogos pela seleção alemã e 24 gols, chega a um Chicago Fire sem grandes estrelas, mas enfrentará na MLS outros experientes jogadores que brilharam na Europa, como o atacante espanhol David Villa e o meia italiano Andrea Pirlo, ambos do New York City.

Esporte