PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Para Zidane, talento invididual do Real fez a diferença na final do Mundial

18/12/2016 13h34

Yokohama, Japão, 18 dez 2016 (AFP) - O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, reconheceu que seu time sofreu bastante para conquistar o Mundial de Clubes, com vitória por 4 a 2 na prorrogação sobre o Kashima Antlers, mas afirmou que sempre acreditou no triunfo porque sua equipe "tem muito talento".

"Sabíamos que iríamos sofrer e o adversário não nos surpreendeu pelo nível de jogo que mostrou, mas pela forma com a qual correu e lutou e tempo inteiro", analisou o ex-craque francês em entrevista coletiva.

"Às vezes, sofremos bastante e não jogamos como queremos, mas o lado bom é que temos muito talento e podemos causar danos ao rival a qualquer momento", sentenciou 'Zizou', que assumiu o cargo em janeiro e já levou o Real a três títulos internacionais em menos de um ano.

Antes do Mundial, o Real levantou sua 11ª 'Taça Orelhuda' da Liga dos Campeões, em maio, e a Supercopa da Europa, em agosto.

"Já não tenho mais voz e estou cansado porque não consegui dormir bem, mas não me importo, porque conseguimos fazer algo grande novamente. A pressão e o estresse fazem parte da rotina desse clube, não podemos mudar isso", ressaltou.

O treinador deixou claro que o time precisa manter o foco para não desmoronar na segunda parte da temporada, como aconteceu em 2015, depois da conquista do Mundial em dezembro do ano anterior, sob o comando do italiano Carlo Ancelotti, do qual foi auxiliar técnico.

"É bom lembrar disso, porque isso pode voltar a acontecer", alertou 'Zizou'.

"A temporada vai ser muito longa e complicada, mas a nossa sorte é que vamos ter uma semana inteira de descanso agora e depois vamos começar do zero. Acreditamos no nosso trabalho e se esse trabalho for bem feito, não há motivos para que a queda de rendimento de 2015 se repita", completou.

Esporte