PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasileiro Kleber Da Silva e chinesa Xinji Chen desclassificados da Rio-2016 por doping

18/08/2016 18h07

Rio de Janeiro, 18 Ago 2016 (AFP) - O ciclista brasileiro Kleber Da Silva Ramos e a nadadora chinesa Xinyi Chen foram desclassificados dos Jogos Olímpicos do Rio-2016 depois de testarem positivo no exame antidoping.

Kleber, de 30 anos e que testou positivo para EPO, anunciou que não vai apelar da decisão e aceitou sua suspensão provisória. O atleta foi desclassificado e excluído dos Jogos.

A União Internacional de Ciclismo (UCI) será responsável por definir a punição do atleta.

Já a chinesa, que testou positivo para o diurético hidroclorotiazida, também aceitou voluntariamente sua suspensão, mas pediu uma repetição do teste, o que acontecerá em 17 de agosto.

A Federação Internacional de Natação (FINA) terá a última palavra na questão.

A imprensa chinesa havia anunciado seu controle positivo no dia 12 de agosto e exigiu "uma cooperação completa de Chen com a investigação em curso".

Os casos de doping têm atormentado há meses, desde a preparação dos Jogos Olímpicos e agora com as competições em andamento, e principalmente com o escândalo do doping de Estado praticado pela Rússia.

Nesta quinta-feira, o atleta do levantamento de peso do Quirguistão Izzat Artykov, bronze na categoria até 69 kg, tornou-se o primeiro medalhista a ser excluído dos Jogos Olímpicos do Rio por doping.

Artykov, que foi desclassificado e excluído dos Jogos, testou positivo para estricnina, um estimulante, informou o TAS em um comunicado à AFP.

Esporte