PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Wada volta a suspender laboratório antidoping do Rio a 6 semanas dos Jogos

24/06/2016 15h51

Montreal, 24 Jun 2016 (AFP) - A Agência Mundial Antidoping (Wada) anunciou nesta sexta-feira ter suspenso o credenciamento do laboratório antidoping do Brasil (LBCD), faltando seis semanas para o início dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Localizado no campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o laboratório, que antes de chamava Ladetec, já teve seu credenciamento cancelado em 2013, e recuperado apenas em maio de 2015, depois da inauguração da nova sede, com custo de 151,3 milhões de reais.

A nova sanção foi imposta porque, segundo a Wada, o centro não estava conforme o Padrão Internacional para Laboratórios.

A suspensão entrou em vigor na quinta-feira, data em que a agência informou sobre a medida ao laboratório brasileiro.

A medida proíbe ao LBCD realizar exames antidoping em amostras de urina e sangue.

"A Wada vai trabalhar em colaboração estreita com o laboratório do Rio para resolveu o problema identificado", explicou o diretor-geral da Wada, Olivier Niggli, citado no comunicado da entidade.

"Os atletas podem confiar no fato de que a suspensão será cancelada apenas se o laboratório funcionar nos melhores padrões", insistiu.

"Vamos encontrar as melhores soluções para garantir que o processo de controles durantes os Jogos Olímpicos e Paralímpicos seja sólido", completou.

Enquanto o LBCD está suspenso, as amostras serão enviadas para outros laboratórios credenciados pela Wada, como aconteceu durante a Copa do Mundo de 2014, quando foram analisadas em Lausanne, na Suíça.

Esporte