PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Saindo à francesa

22/06/2016 11h57

Paris, 22 Jun 2016 (AFP) - Curiosidades da Eurocopa nesta quarta-feira, 13º dia de disputa da competição continental.

NA PELE. O País de Gales surpreendeu a todos ao terminar no primeiro lugar do grupo B, na frente da vizinha Inglaterra. Uma façanha histórica que levou um torcedor a tatuar a tabela classificação na coxa logo depois do apito final. O tatuador garante que seu cliente estava totalmente sóbrio quando foi procurá-lo.

BANDEIRA EM ALTA. O sucesso da seleção galesa também turbinou o comércio local. Um fabricante de bandeiras de Swansea viu suas vendas aumentarem em 800% graças às façanhas de Bale e companhia. "É algo sem precedentes. Recebi muitos pedidos de torcedores que viajaram à França para assistir aos jogos e queriam uma bandeira com o nome de suas cidades", relatou Charles Ashburner, da loja MrFlag.com.

POLO AQUÁTICO. Depois de sofrer um corte na cabeça na estreia contra a Turquia (1-0), o zagueiro croata Vedran Corluka passou a usar uma touca de polo aquático da seleção do seu país, atual campeã olímpica da modalidade. O técnico Ratko Rudic, que levou a Croácia à medalha de ouro nos Jogos de Londres-2012, comanda hoje a seleção brasileira de polo aquático, que tentará subir ao pódio pela primeira vez no Rio de Janeiro. No caso de Corluka, a touca foi necessária para estancar o sangramento, que, de acordo com um médico croata foi assustador. "Nunca vi algo assim em toda minha carreira. Já vi várias lesões, mas nunca tive que refazer a bandagem de um jogador quatro vezes em uma única partida".

MOLETOM FASHION. Além de ser o jogador mais velho da história a disputar a Eurocopa, o goleiro húngaro Gabor Kiraly, de 40 anos, tem uma marca registrada: a calça de moletom cinza que usa em todas as partidas. A exposição da Euro criou uma onda 'vintage' nas redes sociais, levando o veterano a criar sua própria linha de roupas, vendidas online. A grife se chama K1RALY, um o número 1 da camisa do goleiro no lugar da letra I. Os fãs podem comprar bonés, luvas de goleiro e, como não poderia deixar de ser, a famosa calça de moletom, vendida por 8.000 forint, um pouco mais de 25 euros.

bur-adc/agu/lg

Esporte