PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Simeone: "perder duas finais é um fracasso"

28/05/2016 20h02

Milão, 28 Mai 2016 (AFP) - O técnico do Atlético de Madri, Diego Simeone, admitiu neste sábado que considera um "fracasso" ter perdido duas finais de Liga dos Campeões em três anos, ambas contra o Real Madrid, a última nos pênaltis, neste sábado, em Milão.

"Perder duas finais é um fracasso. Temos que aceitar o momento e curar as feridas em casa", lamentou 'Cholo', com semblante sério, mas abatido na entrevista coletiva que seguiu a partida.

"É difícil dizer o que aconteceu. Preciso de um tempo para processar, analisar com frieza, não tão rápido. Não tem como opinar agora", acrescentou o argentino, que não poupou elogios aos seus jogadores.

"Estou muito orgulhoso do que fizeram, eu amos eles, eles deram tudo. Estavam cheios de câimbras. Eu só consegui dizer a eles 'não chorem'", relatou.

"Na minha vida, nada foi fácil. Chegar a duas finais é uma bela façanha, mas não sei qual das duas derrotas doeu mais. Me sinto responsável pelos torcedores que pagaram ingresso", ressaltou.

Na hora de comentar o trabalho do colega Zinedine Zidane, que enfrentou várias vezes como jogador antes de reencontrá-lo como treinador, o argentino foi lacônico.

"Zidane tem a sorte de treinar um dos três maiores clubes do mundo, com o Barcelona e o Bayern. O melhor ganhou. É difícil tirar lições dessa partida. Tudo que posso dizer é que precisamos continuar a trabalhar", completou o treinador.

O Atlético de Simeone eliminou o Barça nas quartas de final e o Bayern na semi, mas voltou a perder para o Real, como em 2014.

Quando foi perguntado sobre seu futuro, o argentino teve uma resposta enigmática. "Será que tenho que continuar no Atlético ou será que estamos no final de um ciclo? Vou ter que pensar sobre isso", completou.

Esporte