PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Norte-americanos estão cada vez mais vidrados na TV pela Copa do Mundo

O "soccer" já caiu nas graças dos norte-americanos, que fazem grandes festas nos jogos da seleção - Scott Olson/Getty Images/AFP
O "soccer" já caiu nas graças dos norte-americanos, que fazem grandes festas nos jogos da seleção Imagem: Scott Olson/Getty Images/AFP

Das agências internacionais, em Washington (EUA)

23/06/2014 20h15

A partida entre Estados Unidos e Portugal, pela segunda rodada do Grupo G da Copa do Mundo, terminou em um empate em 2 a 2 difícil de digerir para os americanos, com um gol marcado pelos portugueses no fim do confronto, mas os telespectadores estão batendo um bolão na audiência.

Um em cada 11 lares americanos viu a partida no domingo.

O canal ESPN anunciou nesta segunda-feira um share de 9,1%, acrescentando que é a audiência mais alta para um horário de fim de tarde desde o início da Copa.

O maior número de torcedores foi registrado em Washington, Nova York, Boston, Columbus (Ohio), Hartford e New Haven (estas duas em Connecticut).

A partida anterior da seleção americana na competição, contra Gana, marcou 7 pontos, o equivalente a 11 milhões de espectadores em todo o país.

O próximo jogo, contra a poderosa Alemanha, é decisivo para as pretensões americanas neste Mundial. Os americanos se classificam com um empate. E a importância do confronto permite prever mais um recorde de audiência.

Esporte