PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Luva de Pedreiro diz que teve celular hackeado e cita ex-empresário

Luva de Pedreiro, influencer digital, ao lado do empresário Allan de Jesus - Reprodução/Instagram
Luva de Pedreiro, influencer digital, ao lado do empresário Allan de Jesus Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

26/06/2022 16h41

O influenciador digital Iran Ferreira, conhecido como Luva de Pedreiro, disse hoje que teve seu celular hackeado e por isso deixou de usar o aplicativo Whatsapp. Em uma sequência de stories no Instagram, o baiano afirmou que o número de Whatsapp que usava tinha sido feito por Allan de Jesus, seu antigo empresário, com quem rompeu recentemente.

"Eu tinha um WhatsApp que foi meu ex-empresário que fez, e ele sumiu do meu celular. Hackearam meu WhatsApp. Qualquer mensagem que chegar não fui eu que mandei. Não mandem mensagem mais, não, que hackearam meu WhatsApp. Quem fez foi meu outro empresário. Oxi, rapaz", disse o influenciador.

Luva e Allan estão em litígio depois que vieram a público detalhes da relação de agenciamento entre os dois. Luva anunciou uma pausa na produção de seus vídeos porque estaria descontente com a forma com que Allan administra seus contratos. O empresário afirmou que Luva ainda tem R$ 2 milhões a receber por acordos de publicidade.

O influenciador, por sua vez, afirmou que já conta com nova equipe de agentes e trata Allan como seu ex-empresário. Reportagem do UOL da semana passada mostra que Luva tem direito a apenas 45% da empresa criada por Allan para receber os valores ganhos pelo influenciador.

Nos stories de hoje, Luva também afirmou que está com a família, "sossegado": "Mas eu tô de boa, tô bem, graças a Deus. Tô com miha família, sossegado." Procurado pelo Whatsapp para comentar o suposto hackeamento o telefone do influenciador, Allan de Jesus não havia respondido até a publicação desta reportagem.

Esporte