PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atleta é atacado antes de prova, corre com olho tapado e vence com sobras

Wilfried Happio foi atacado por um homem antes de chegar ao local da prova  - Reprodução
Wilfried Happio foi atacado por um homem antes de chegar ao local da prova Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/06/2022 12h18

O francês Wilfried Happio, atleta dos 400m com barreiras, viveu um episódio histórico na final francesa da prova ontem.

Wilfried venceu a decisão com sobras mesmo após ser atacado por um homem a 500 metros do estádio Caen.

De acordo com Olivier Valleys, técnico do atleta, ele foi abordado por um indivíduo e questionado se ele era Wilfried Happio. Ao responder que sim, ele foi atacado.

Após o incidente, Wilfried sentiu desconforto no olho esquerdo e improvisou um curativo com uma faixa de cabeça.

Mesmo com um olho só, Happio marcou o tempo de 48s57 — alcançando o tempo necessário para disputar a copa do Mundo de Eugene — e cravando a quinta melhor marca francesa da história.

Em entrevista após a vitória, o atleta de 23 anos evitou falar sobre o episódio.

"Não quero pensar no que aconteceu, só quero falar da corrida. Foi difícil, só com olho, mas as sensações foram boas", disse.

O agressor foi identificado e detido pela polícia.

Esporte