PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Da cozinha às camisetas: Warriors provocam rivais após título da NBA

Draymond Green provoca Boston Celtics após título do Golden State Warriors na NBA - Reprodução/Instagram
Draymond Green provoca Boston Celtics após título do Golden State Warriors na NBA Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

18/06/2022 12h00

O título conquistado na última quinta-feira (16) renovou a dinastia do Golden State Warriors na NBA e abriu as cortinas para um festival de provocações por parte do time. De alfinetadas nas redes sociais a camisetas criativas, os campeões estão há três dias tirando onda com o Boston Celtics e outros rivais.

As torcidas de Boston são nacionalmente conhecidas nos EUA pela lealdade aos times locais e a criatividade nas provocações -que às vezes passam do ponto. Nas finais deste ano, muita gente xingou Draymond Green em coro nos jogos no TD Garden, o que irritou os jogadores dos Warriors na ocasião. Depois do título, porém, os campeões se divertiram no vestiário ironizando o mesmo grito da torcida rival ("F… you, Draymond", em inglês).

Especialista em provocações, o próprio Green passou boa parte do dia de ontem (17) republicando mensagens nas redes sociais. Começou ácido, dizendo que a roupa toda preta que escolheu para ir ao ginásio dos Celtics no jogo do título "foi para um funeral"; depois ironizou o montante de multas que já teve que pagar na NBA. "É lamentável. Pensei que já tinha alcançado [U$ 1 milhão em multas]", escreveu.

Horas depois repetiu, quase palavra por palavra, uma publicação antiga de Kevin Durant, seu ex-companheiro que preferiu trocar os Warriors pelo Brooklyn Nets em 2019. "Nível extremamente alto de basquete foi mostrado", escreveu Green. KD havia publicado a mesma coisa durante uma boa sequência dos Celtics no jogo 1 das finais.

Outro que relembrou das redes sociais foi Klay Thompson, já na entrevista coletiva na noite do título. Ele citou uma provocação de Jaren Jackson Jr., dos Grizzlies, após uma vitória sobre os Warriors na temporada regular. "Esse jogador tuitou o nosso lema ["força em números", em português], e isso me irritou muito. Fiquei pensando 'olha só esse palhaço'. Ele nunca chegou aqui, e nós agora voltamos. Segura essa", falou na ocasião.

Thompson já tinha mandado indireta aos críticos do estilo de jogo dos Warriors, muitas vezes apontados como culpados pelo predomínio dos arremessos de três na NBA atual. "Tudo o que fazemos é chutar de três e ganhar campeonatos", brincou com Curry, ainda em quadra (assista mais acima).

No desembarque dos Warriors em San Francisco, ontem, Draymond Green colocou a cereja do bolo nas provocações ao vestir uma camiseta que os Celtics haviam distribuído a seus torcedores durante as finais. A peça deixava em branco o banner de comemoração do que poderia ser o 18º título da franquia de Boston, e o camisa 23 preencheu o espaço à caneta (imagem acima).

Família Curry prova que sabe cozinhar

Stephen Curry responde provocação de um bar de Boston após título dos Warriors na NBA - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Stephen Curry responde provocação de um bar de Boston após título dos Warriors
Imagem: Reprodução/Instagram

Em uma alfinetada menos ofensiva, um bar da cidade de Boston viralizou nas redes sociais após escrever em uma lousa, na calçada, que "Ayesha Curry não sabe cozinhar". Era uma provocação à mulher de Stephen Curry, que tem um programa de TV e já escreveu livros sobre culinária, mas o tiro saiu pela culatra.

Depois da mensagem, o camisa 30 deu sua resposta em quadra e na vestimenta: teve duas atuações excepcionais em Boston (jogos 4 e 6), rebateu a provocação com uma camiseta própria em uma entrevista coletiva ("Ayesha Curry SABE cozinhar") e depois do título descolou uma das camisas que o próprio bar havia colocado à venda e publicou sorridente nas redes (imagem ao lado).

Basquete